domingo, 31 de agosto de 2014

Rezemos pelas Vocações


quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Profissão Perpétua da Ir. Maria José


Ir. Maria José
Na tarde do dia 16 de agosto de 2014, a Ir. Maria José S. de Aguiar professou seus votos perpétuos em sua comunidade de origem, na Paróquia de Santana em Coelho Neto-MA. A celebração foi presidida pelo bispo da Diocese de Brejo, Dom José Valdeci Santos Mendes. Antecedendo a Celebração houve uma Semana Vocacional naquela cidade, em que as irmãs e leigos trabalharam nas escolas, nas comunidades, com as pastorais, etc.
Agradecemos ao Deus, autor de cada vocação, pelo SIM definitivo da Ir. Maria José e por todas as sementes que foram semeadas na Semana Vocacional.
Confira as fotos deste lindo momento:
Trabalho nas escolas
Tríduo em preparação à Profissão perpétua



Dia da Profissão perpétua


Ladainha (prostração)
 
Momento de cortar o bolo

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Peregrinação da Juventude em Caeté-MG


Nós, Irmãs Iracema Leal e Roberta Carla participamos da 19ª Peregrinação da Juventude ao Santuário Nossa Senhora da Piedade, em Caeté-MG, reuniu mais de sete mil jovens, que participaram da Missa presidida pelo arcebispo dom Walmor Oliveira de Azevedo, concelebrada pelo bispo auxiliar Dom João Justino de Medeiros Silva e padres da Arquidiocese de Belo Horizonte. Para estes jovens, o Dia da Assunção de Nossa Senhora, 15 de agosto, foi um encontro de fé, alegria e comunhão que também contou com Momento Mariano, Catequese e Adoração ao Santíssimo Sacramento. 
 
Dom Walmor falou sobre a importância dos jovens na Igreja e na sociedade, como força renovadora. "Jovens, sem vocês a nossa Igreja fica muito pobre. Vocês são um tesouro de esperança para a sociedade e para todos nós. Vendo tantas pessoas aqui,  de todas as idades, sinto grande alegria e renovo meu coração na consciência de que é preciso ir, cada vez mais, ao encontro da juventude".
 A Catequese foi orientada por dom João Justino, que ressaltou que a peregrinação é importante para que os jovens possam vivenciar um dia de fé e devoção, indo ao encontro do Senhor em um lugar sagrado. "Acredito que os jovens que aqui vieram são felizes porque creem em Deus e estão marcados pela fé". 
A programação também incluiu o Memorial de um ano da Jornada Mundial da Juventude, flash mob e apresentação musical.  

Mês Vocacional na Comunidade de Canoas-RS

O bem-aventurado Tiago Alberione nos diz que “A vocação é um ato do amor de Deus com o qual o Senhor prepara para si e seu ministério algumas pessoas para um serviço especial”. Com essa certeza, a comunidade de Canoas/RS está vivendo de forma intensa Agosto, o Mês Vocacional como um tempo favorável para o despertar vocacional.
De 01 a 03 de agosto, Ir. Rosa Ramalho participou da 56ª Escola de Orientação Vocacional para jovens em Santa Maria-RS.
 
De 13 à 16 de agosto, também estivemos presentes na 10ª feira do livro de Santa Rosa/RS, onde passaram cerca de 20 mil pessoas para prestigiar o evento, onde também foi realizado um despertar vocacional através da distribuição de folhetos.
 
No sábado, 16 de agosto, foi a vez da Comunidade Santa Luzia, no Bairro Mathias Velho em Canoas receber a Ir. Neide Puel e a aspirante Aline Ruediger para um encontro com adolescentes.
 
Dia 17, as lideranças da Paróquia São José de Novo Hamburgo receberam a Ir. Neide Puel e a aspirante Aline Ruediger para um encontro sobre a Leitura Orante da Palavra. 
 
De 10 a 17 as Irmãs Rosa Ramalho e Rosimeire Donato e as aspirantes Daiane Carvalho e Geovana Souto participaram da Semana Vocacional na cidade de Sombrio/SC.

domingo, 24 de agosto de 2014

Oração pelos catequistas


 Jesus, Mestre e Modelo de todo catequista, vós que pregastes por toda a parte o evangelho de Deus, abençoai nossos catequistas: homens e mulheres que se dispõem a ensinar vossa mensagem de salvação.
  •  Sejam eles mansos e humildes de coração, capazes de acolher, sem excluir ninguém, cada pessoa que vem à vossa procura.
  •  Sejam abertos ao Espírito Santo a fim de comunicar a vossa verdade, superar as dificuldades da missão recebida e dar testemunho de alegria e gratuidade na vossa Igreja. 
  • Aumentai, Senhor, em nossas comunidades, o número de pessoas dispostas a aplicar os próprios dons a serviço da catequese. 
  • Que estes vossos servidores, Senhor, cultivem profundo amor à vossa Palavra e busquem, mediante a instrução e a oração, novas energias para educar na fé uma multidão de seguidores do vosso Reino. Amém! (Pe. Luiz Miguel Duarte, sacerdote paulino)

terça-feira, 19 de agosto de 2014

JOVENS COMUNICADORES DA PALAVRA



IRMÃS PAULINAS: com jovens missionários e comunicadores do Evangelho. Venha a mim!

100 anos de Família Paulina

Há exatamente 100 anos nascia a congregação dos Padres e Irmãos Paulinos (Pia Sociedade São Paulo). A primeira das 5(cinco) congregações e 5(cinco) Institutos fundados pelo Bem-Aventurado Pe. Tiago Alberione, na Itália.
A Pia Sociedade Filhas de São Paulo (Irmãs Paulinas) foi a segunda congregação a compor essa família no ano seguinte, 1915. Por isso, neste dia 20 de agosto de 2014, louvamos e agradecemos a Deus pelas abundantes graças que tem derramado sobre nós. Confira o vídeo que mostra um pouco desta linda história.

Pe. Alberione e o Concílio Vaticano II



segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Irmãs Paulinas no COMVOCAÇÃO



Na alegria de viver a Consagração religiosa, nós Irmãs Paulinas, motivamos os  jovens a buscar Jesus, por meio de dinâmicas, folhetos vocacionais, vídeos, músicas e partilhas de experiências. Essa iniciativa vocacional aconteceu nos dias 16 e 17 de agosto na Feira Vocacional(ComVocação) da Diocese de Osasco-SP. Nesse encontro pudemos apresentar e tornar conhecido nosso carisma entre os jovens  e revelar o rosto amoroso de Jesus que nos convoca a sermos discípulas e comunicadoras  do bem.

domingo, 17 de agosto de 2014

Irmãs Paulinas participam de Feira Vocacional

Confira as fotos da participação das Irmãs Paulinas e Padres e Irmãos Paulinos na Feira Vocacional de Santo Amaro-SP nos dias 16 e 17 de agosto de 2014. Este evento é organizado pela Diocese de Santo Amaro, onde reúne diversas Congregações e Movimentos religiosos para tornar seu carisma mais conhecido entre os jovens. Este ano, as Irmãs Paulinas e os Padres e Irmãos Paulinos estiveram em um stand distribuindo material vocacional, conversando com os jovens que lá se encontravam e testemunhando com suas vidas a alegria de ser consagrados e enviados a evangelizar na Cultura da Comunicação.   
Da esquerda para direita: Felipe, David, Romina, Fr.Claudinei, Ir. Fabíola e Alexsandra
Material Vocacional
 
Stand das Irmãs Paulinas e Paulinos
 

sábado, 16 de agosto de 2014

Um pouco de minha história...

Hoje, sábado, dia 16 de agosto de 2014, a Ir. Maria José fará seus votos perpétuos. Confira sua partilha de vida, em que a mesma conta para nós sua história vocacional.
 
Sou Maria José Sousa de Aguiar, filha de Antônio Aguiar e Maria Francisca Aguiar. Nasci em 19 de março de 1977, em Afonso Cunha-MA. Tenho doze irmãos.
Desde criança eu dizia à minha mãe que queria "ser toda de Deus". Não sabia bem o que significava essa expressão. Quando tinha 19 anos, em 12 de janeiro de 1996, participei da celebração da profissão perpétua de Irmã Iracema Leal, conhecendo, assim, o carisma paulino.
Tempos depois, entrei em contato com as irmãs Paulinas, através de irmã Gervis Monteiro, sendo depois acompanhada pela irmã Rosana Pulga durante o processo de discernimento vocacional. Aos poucos fui compreendendo que Deus me chamava para ser toda Dele na vida religiosa consagrada paulina.
Esse projeto foi se concretizando em minha vida à medida que fui conhecendo a espiritualidade paulina centrada em Jesus Mestre, Caminho, Verdade e Vida, apresentada pelo Bem-aventurado padre Tiago Alberione (Fundador da Família Paulina), e o carisma paulino.
Ingressei na Congregação no dia 25 de janeiro de 2000, na comunidade de São Luís – MA. Em seguida fiz o Aspirantado em Belém-PA, depois em Recife, e em seguida dei mais um passo na minha caminhada, entrando para o Postulado em São Paulo, onde permaneci por 2 anos; depois  fui admitida ao Noviciado, por 2 anos, ao final do qual emiti os primeiros votos. Foi um dia de imensa alegria e gratidão a Deus por ter-me acompanhado sempre. Dali em diante comecei a etapa do Juniorato que dura em média 5 anos e ao final do qual se faz a preparação para a Profissão Perpétua. 
Durante os anos de formação fui desenvolvendo o processo de conhecimento de mim mesma, de Jesus Cristo, da Congregação, da espiritualidade e da missão paulina, e dando minha resposta com generosidade e alegria, cada dia. Foi crescendo em mim o amor por Jesus Mestre, pela Congregação e pela missão. Nesse processo fui ajudada pela graça de Deus, sempre presente em minha vida, pelas irmãs formadoras que me acompanharam, pelas comunidades onde vivi como um espaço sagrado para crescer integralmente como pessoa e fui ajudada, também, pelo povo a quem procurei servir com dedicação.
Vivi e realizei a missão em várias comunidades e cidades, como Goiânia, São Luís, São Paulo, atuando na livraria, economato, setor de Promoção e Divulgação, Internet e Pastoral Vocacional.
Neste dia em que Deus me consagra para sempre, sou muito feliz e grata por tudo o que Ele tem feito em meu favor. Como Irmã Tecla Merlo eu repito: “Meu Deus, que eu me esconda em Ti, me perca em Ti. Como a gota d’água no oceano”.
Eis a serva do Senhor. Faça-se em mim segundo a tua Palavra” (Lc 1,38)

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Vocação Paulina




Confira o testemunho das Irmãs: Amélia, Regina, Joseane e Gizele falando da missão das Irmãs Paulinas, que é evangelizar com os meios de comunicação 

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Encontro Vocacional em SP

Irmãs, postulantes e vocacionadas
 Nos dias 09 e 10 de agosto de 2014, na comunidade do Postulantado das Irmãs Paulinas em São Paulo-SP, houve mais um encontro de Convivência Vocacional com as jovens Stella Lamy e Valdeane Leite.
 O tema do encontro foi Projeto de Vida. As jovens tiveram a oportunidade de refletir e fazer seu Projeto de Vida, tendo presente o Chamado que Deus faz para cada uma.
O encontro foi marcado por momentos de partilha, oração, reflexão e lazer.
Momento de Adoração Eucarística
 

terça-feira, 12 de agosto de 2014

Convivência vocacional em Recife

 
Da esquerda para direita: Maria Eduarda, Débora, Ir. Joana e Almeny
Nos dias 08, 09 e 10 de agosto, as jovens Débora Monteiro (Cumaru – PE), Maria Eduarda (Itapissuma- PE) e Almey Maria (Recife - PE) participaram do encontro vocacional na casa das Irmãs Paulinas, em Recife – PE.
O tema central do encontro: “Coragem! Venha a mim!” é um convite de Jesus às jovens que buscam o discernimento da verdadeira vocação.
O período  do encontro foi voltado para a oração,  a reflexão pessoal e a partilha das experiências em grupo.
Como síntese do encontro, cada uma das jovens escreveu:
“Senhor, se és tu, manda que eu vou ao teu encontro.” (Maria Eduarda)
Eis-me aqui Jesus Mestre, Caminho, Verdade e Vida!” (Débora Monteiro)
Se ouvires a voz do vento chamando sem cessar, se ouvires a voz do mundo querendo te enganar, a decisão é tua.” (Almeny Maria)
 
 
 

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Testemunho vocacional das jovens na Vida Paulina

Saiba como essas jovens escutaram o chamado de Jesus. Hoje, elas estão respondendo a este chamado na Congregação das irmãs Paulinas.
Clique aqui e faça parte desta história você também! 
 
 





Maria, mãe da vida



sábado, 9 de agosto de 2014

Feliz Dia dos Pais!






















Ser pai não é apenas abençoar.
Ser pai é estender a mão amiga,
corrigir para amar,
e estar pronto para recomeçar.

Ser pai é ser humano!
É estar ao lado da família
sobretudo quando as ondas bravias
levarem o barco para outros lados.
É estar atento aos objetivos de vida dos filhos

encorajando-os para lutar!

Ser pai não é apenas saldar contas e dividas!
Ser pai é estar atento ao diálogo,
amor e compreensão
de quem tem como lema o amor,
o perdão e a comunicação.

Ser pai é ter uma vida normal
apostando no time da fé, com muita raça,
para não esmorecer na luta
tendo à frente um Deus,
que também é Pai que nos acolhe,
contempla e ama como filhos.
José Carlos de Oliveira Santos


quinta-feira, 7 de agosto de 2014

Alegria


terça-feira, 5 de agosto de 2014

Pe. Victor, o primeiro sacerdote negro no Brasil

Conheça a história do servo de Deus, Padre Francisco de Paula Victor, o Pe. Victor, é considerado o anjo tutelar de Três Pontas em Minas Gerais. Padre Victor pregou, pelo exemplo, a fé, a esperança, a fortaleza, a prudência, a justiça, a obediência, a castidade, a temperança, a humildade, o temor a Deus e, sobretudo, a caridade. Amava a Deus na pessoa do seu semelhante, de modo especial nos mais pobres.
 

segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Um canção sacerdotal


sábado, 2 de agosto de 2014

Entrevista com Pe. Iraildo

Estamos no mês agosto, em que celebramos as vocações. Nesta primeira semana dedicamos nossa oração aos Ministérios Ordenados. Por isso, é com muita alegria, que nossa equipe do Blog fez uma entrevista com o Pe. Iraildo, da Congregação dos Padres e Irmãos Paulinos. Ele partilha conosco um pouco de sua história vocacional. Confira:
Pe. Iraldo, ssp
1.     Quando surgiu seu desejo de ser padre?
Quando eu tinha 14 anos, após o almoço de sábado, eu estava deitado na rede em casa, no interior do Ceará. Uma mensagens radiofônica me inquietou. Era um convite para um encontro vocacional. Não fui ao encontro. Mas desde aquele dia uma semente foi plantada em meu coração: o desejo de ser padre. Como catequista e animador de comunidade, esse desejo cresceu igual uma paixão.
 
 2. Por que escolheu ingressar na Congregação dos Padres e Irmãos Paulinos?
Eu sempre gostei da comunicação. Na infância eu já brincava de ser jornalista e quando apreendi a ler, lia tudo quanto era jornal velho que chegava lá em casa na roça embrulhando alguma mercadoria. Não me importava que fosse notícia vencida, importava ler. Mais tarde, já morando na cidade de São Paulo, havia em minha Bíblia um cartãozinho com a Oração do Comunicador e o endereço do Centro Vocacional Paulino. Então resolvi escrever apenas por curiosidade e por que no cartãozinho estava escrito: “escreva-nos”. Foi o que fiz. Ao ser atendido pelo Serviço de Animação Vocacional fiquei impressionado com o carisma inspirado pelo Bem Aventurado Tiago Alberione – evangelizar na cultura da comunicação.
Pe. Iraildo com demais padres paulinos na Catedral da Sé em SP

 3.     Como foi o seu ingresso no seminário?

Após o período de acompanhamento, fiz um mês de estágio vocacional. Então, decidi fazer uma experiência mais profunda. Voltei para casa apenas para pegar algumas coisas pessoais e pedir as contas do trabalho. Com a graça de Deus ingressei no Seminário Paulino, em janeiro de 1999, na Cidade Paulina, SP. A vocação é como um namoro. Nasce como uma paquera, a gente se enamora, apaixona-se e, por fim, entrega-se de corpo e alma.
4.     Partilhe conosco uma experiência significativa de sua caminhada vocacional.
 O dia de minha ordenação presbiteral. A graça de Deus tocando minha existência. Deus mesmo por meio da comunidade eclesial confirmando a missão a mim confiada. Tudo é presente dele, nada é por nossos próprios méritos. Isso gera uma alegria muito profunda, inefável. E o bonito de tudo é que é uma alegria partilhada. A família, os co-irmãos, os amigos, o povo de Deus partilham do mesmo dom. Trata-se de uma alegria verdadeira que nem sabemos dizer em palavra. Essa alegria a gente apenas sente. E isso é um grande consolo que sempre devemos voltar a ele.
Fotos da ordenação
 5.   Pe. Iraildo, este ano sua congregação, dos Padres e Irmãos Paulinos, celebra 100 anos de fundação. O que esta data significa para vocês?
 Tem o significado de gratidão. Deus nos quer bem e nos quer servindo ao seu povo. É o momento de olharmos a nossa história carismática e renovarmos em nós o ardor do “primeiro amor”. Sempre na perspectiva de que a missão do Paulino é verdadeira evangelização inspirada no Evangelho de Paulo e com espírito pastoral. Nossa espiritualidade é pastoral: o apóstolo esteve sempre preocupado em “tornar-se tudo para todos, a fim de salvar alguns a qualquer custo” (1Cor 9,22). Essa sensibilidade pastoral deve perpassar todo o nosso apostolado. É parte do carisma paulino “falar de tudo cristãmente” na pluralidade do mundo. Dentre as várias realidades terrenas, o carisma paulino é sensível de modo especial ao complexo fenômeno da cultura da comunicação. A comunicação constitui a razão de ser e agir do Paulino, como sentido existencial profundo. De modo que tudo o que diga respeito ao fenômeno comunicacional nos interessa. Isso justamente porque comunicação diz respeito à nossa identidade. A comunicação numa perspectiva que ultrapassa o “ter posse” das novas tecnologias, mas, além disso, faz pensar este complexo fenômeno, que para nós, constitui verdadeira evangelização. Os instrumentos e a técnica são valiosíssimos em nossa missão. Mas não produzirão efeito sem o poder de nosso corpo, de nossa voz, de nossa inteligência e criatividade, de nosso ser completo... Comunicar é nossa essência, nascemos para isso. Comemorar os 100 anos de nossa congregação é entoar o Magnificat.

Pe. Iraildo na Fapcom, onde exerce seu apostolado na Congregação
 6.     O que é ser paulino nos dias de hoje?
 É fazer a experiência do encontro íntimo e pessoal com Jesus Mestre, Caminho, Verdade e Vida. Nós não comunicamos a nós mesmo, nós comunicamos o Senhor. Por isso o que fazemos não é um mero fazer, não é uma profissão apenas. É uma missão divina. Somos apóstolos da boa notícia num mundo que geralmente lucra com a desgraça. O desafio do Paulino é buscar ser profundo, ter conteúdo numa realidade rasa e líquida. Assim como o apóstolo Paulo, o que deve nos mover é a paixão pelo evangelho, que não é uma ideia. É uma pessoa!
 
 7.     Deixa uma mensagem aos jovens que também desejam seguir Jesus mais de perto, seja no sacerdócio ou na Vida Religiosa. 
Jovem, você é chamado a fazer a diferença hoje. Ser Paulino é uma aventura fascinante e desafiadora. Somos uma família: a Família Paulina, que a exemplo do apóstolo Paulo vive e comunica o evangelho. A cultura da comunicação nos oferece muitas possibilidades de tornar Jesus Cristo conhecido e amado. Não tenha medo de fazer o encontro profundo com ele. Debruce-se no conhecimento do apóstolo Paulo e se entregue sem reserva como Maria Rainha dos apóstolos ao serviço da Palavra. O Espírito Santo nos impele na missão.  Ser Paulino é cultivar a esperança de um mundo novo. Este caminho vale a pena!

 
Fotos: Cedidas pelo Pe. Iraildo

Cantiga de sacerdote



Vocação


Olá, Jovem! Você também deseja encontrar esta pérola preciosa que Deus guardou em seu coração?
Entre em contato conosco:
Chat vocacional: irmaspaulinas@hotmail.com

sexta-feira, 1 de agosto de 2014

Vocação religiosa