quarta-feira, 31 de julho de 2013

Irmãs Paulinas participam de Semana Missionária no RS



Animadas pelo tema da JMJ 2013, “Ide e fazei discípulos entre todas as nações (Mt 29,19)”, nós irmãs Paulinas da comunidade de Canoas- RS, participamos ativamente da Semana Missionária acontecida em nossa Arquidiocese de Porto Alegre-RS. Tivemos a alegria de acompanhar um grupo de peregrinos provenientes da Argentina e da Bolívia, que viveram a Semana Missionária no Vicariato de Canoas.

A equipe vocacional animou dois encontros de formação para os jovens missionários e os anfitriões que estiveram presentes durante a semana. Os temas dos dois encontros foram sobre relacionamentos interpessoais e vocação-projeto de vida.

A participação dos jovens foi excelente, acolheram com alegria, interesse e entusiasmo tudo o que foi realizado pela equipe das irmãs.
 

segunda-feira, 29 de julho de 2013

A Palavra de Deus no coração

Site: mundodepalavras.wordpress.com
Uma vez, caminhavam um pai e seu filho na praia. O pai perguntou:
- O que você aprendeu hoje na catequese?
Inteligentemente, o menino respondeu com uma frase bíblica.
Então o pai lhe pediu:
- Escreva, filho, na areia, as palavras que você aprendeu.
O menino reagiu horrorizado e disse:
- Não, papai! A Palavra de Deus se escreve na mente e no coração, não se escreve no chão.

FONTE: Livro: Contos admiráveis para jovens extraordinários

Ver livro


 

sábado, 27 de julho de 2013

Modelo de Santidade para os jovens

Vamos conhecer a história de um jovem aspirante dos Padres e Irmãos Paulinos. Ele viveu apenas 14 anos, mas sua história tem fortes marcas de santidade. 


MAJORINO VIGOLUNGO

Majorino - Aspirante Paulino
Majorino Vigolungo - Aspirante Paulino
Majorino Vigolungo nasceu a 6 de maio de 1904 em Benvello, norte da Itália. Filho de trabalhadores rurais, não admitia a mediocridade. Ingressou nos Padres e Irmãos Paulinos a 15 de outubro de 1916, com apenas 12 anos.
Seu ideal de vida era alcançar a santidade o mais rápido possível, ser padre e ser apóstolo da boa imprensa. Ficou conhecido na Família Paulina pela seguinte máxima: “progredir um pouquinho a cada dia”.

Amante da Eucaristia, dedicou-se à vocação e missão dos Paulinos com grande entusiasmo, até que em 1918, no dia 27 de julho, vítima de meningite, veio a falecer enquanto era assistido por Padre Alberione. Suas últimas palavras foram: “cumprimente a todos os meus companheiros, diga-lhes que rezem por mim e que nos encontraremos todos no céu”. Considerado patrono dos Aspirantes Paulinos, foi declarado venerável no dia 28 de março de 1988, pelo Papa João Paulo II.



quinta-feira, 25 de julho de 2013

Irmãs Paulinas na China

Vamos acompanhar um pouco da história da chegada das Irmãs Paulinas na China. Veja como tudo começou...

segunda-feira, 22 de julho de 2013

Paulinas e Paulinos na JMJ



domingo, 21 de julho de 2013

Família Paulina na JMJ

 Esperamos por você na Feira Vocacional na Quinta de Boa Vista no Rio de Janeiro. http://familiapaulinajmj.wix.com/familia-paulina

 

sábado, 20 de julho de 2013

As Bem-Aventuranças da Amizade


Bem-aventurado o amigo que leva o outro
a comungar o Cristo e teme ao Senhor.

Bem-aventurado o amigo que encaminha o outro
para o encontro com o Cristo.

Bem-aventurado o amigo que sabe elogiar,
que não vê apenas os defeitos, tampouco encobre os erros do outro.

Bem-aventurado o amigo adquirido na provação,
pois será como um irmão.

Bem-aventurado o amigo fiel, poderosa proteção,
tesouro descoberto, remédio de vida.

Bem-aventurado o amigo que sabe calar
e sabe falar no momento oportuno.

Bem-aventurado o amigo de palavras virtuosas,
pois os preceitos do Altíssimo são a sua conversa.

Bem-aventurado o amigo que abraça e chama a atenção do outro,
respeitando sua consciência e sua liberdade.

Bem-aventurado o amigo que age como luz para guiar,
mas que deixa o outro decidir.

Bem-aventurado ainda o amigo que sabe pedir perdão
e que não cala diante da calúnia ou da injustiça contra o outro.

Bem-aventurado sempre será o amigo que discretamente
sabe precisar do outro, sem se aproveitar dele.

Bem-aventurados eternamente os amigos
que doam sua vida pelos outros, por amor.

Cláudio Cássio

(Extraída do livro: Amizades são mananciais – A alegria de ser amigo em Jesus – Paulinas Editora, 2010)

sexta-feira, 19 de julho de 2013

Recado para um amigo


quinta-feira, 18 de julho de 2013

Mensagem de amizade















Quero falar de amigos...
Nossos companheiros, camaradas.
Parceiros tão queridos
Caminheiros da mesma estrada.

Quero falar de amigos,
Às vezes mais próximos que irmãos.
No coração, solidários e íntimos
No dia a dia, calorosas mãos.

Amigos são pétalas que se multiplicam nas flores
Que nascem no jardim da amizade.
Quem me dera que todos fossem
Amigos de verdade.

Amigos são estrelas do mesmo céu
Abelhas que produzem o mesmo mel.
Quem tem amigos possui tesouros
Quem tem um amigo tem duas almas.

São quatro palmas aplaudindo, vibrando juntas
Compartilhando os momentos da vida com emoção.
Para ser amigo é preciso ver,
Ouvir e falar com o coração.

Quero falar de amigos...
Nas diferenças e divergências,
Nas derrotas e vitórias, nas alegrias e tristezas,
Não vivemos sem eles.

A amizade é irmã do amor,
Carisma das pessoas que sabem amar.
No coração dos amigos, pode crer,
Sempre tem um lugar.

 Quero falar de amigos...
Como é bom ter amigos!
Sou feliz porque tenho grandes amigos.
Quero sempre falar de amigos.

(Luizinho Bastos)
 
FONTE: Retirado do livro Insights pelos caminhos de Deus - Paulinas


Comprar livro
 

Convivência Vocacional em Goiânia



Aconteceu no dia 13 de julho de 2013, uma manhã de convivência vocacional na livraria de Goiânia. Foi  uma linda manhã de partilha de oração.
Ainda em clima de Jubileu de Ouro, a Ir. Adélia Rech, que esse ano completou 50 anos de consagração religiosa, partilhou com as jovens sua experiência vocacional.  As jovens ficaram muito felizes com a partilha da irmã, vivida com tanta alegria, generosidade e confiança em Deus. 

Ir. Adélia com jovens
Nosso louvor e gratidão a Deus por essa linda convivência. Unamo-nos em oração para que elas possam cada dia mais estarem sensíveis a voz do Mestre que as chama.
Jesus Pastor Eterno, enviai bons operários para vossa messe!


quarta-feira, 17 de julho de 2013

Entrevista com Ir. Brígida

É com pesar que comunicamos o falecimento de Ir. Brígida, ocorrido hoje, dia 17/07/2013, em São Paulo-SP. Rezemos para que ela interceda por todos os jovens que desejam responder SIM ao Chamado de Deus.
Confira sua história vocacional que ela partilhou conosco em 2011.
 
História de uma vocação Paulina - 74 anos de fidelidade
A Ir. Brígida Barutti, hoje com 74 anos que ingressou na Congregação das Irmãs Paulinas  e  93 anos de idade, reside na Comunidade Divino Mestre, em São Paulo – SP. Ela partilhou conosco um pouco de suas lembranças da vida Paulina.

BLOG: Ir. Brígida, quando você ingressou na Congregação?
No final dos anos 30, quando a congregação das Irmãs Paulinas, estava perto de completar dez anos de presença aqui no Brasil. Foi nessa época, em 1939, que ingressei na congregação.
BLOG: Onde você nasceu e como começou esses desejo de ser irmã?
Sou natural da cidade de São Paulo, meus pais, porém, eram italianos. De uma família muito religiosa e de profundos valores cristãos. Meu desejo de ser religiosa nasceu dos encontros que participava aos domingos na casa das irmãs Salesianas.  Mas, foi em um retiro de carnaval, quando o Santíssimo ficou exposto a noite toda para adoração que eu sentiu o Senhor a me chama para ser totalmente dele. “Diante de Jesus Eucarístico, naquela noite de vigília, senti-me chamada fortemente. Nessa noite senti muito forte que Deus me chamava e me queria e fiquei várias horas ali rezando. Quando contei ao meu confessor, ele me mandou conversar com as irmãs Salesianas. Elas tomaram nota do meu nome. Então fiz entrevista com a diretora e outras irmãs e, sempre aos domingos ia no colégio conversar com elas, foi a minha pastoral vocacional”.

BLOG: Como você conheceu as Irmãs Paulinas?
Em meus pensamentos já estava decidida a ser Salesiana, porém conheci a Ir. Dolores Baldi, Paulina, que fez um outro convite que balançou meu coração. Minha amiga, Ir. Inácia havia entrado com as Irmãs Paulinas e quando ela fui visitá-la pela primeira vez, a Ir. Dolores questionou o porquê eu queria ser Salesiana. A minha resposta foi precisa: “por que eu as conheço, tenho contato com elas e gosto do que elas fazem”. Então, Ir. Dolores me convidou para ser Paulina e fez a seguinte proposta: “Vamos fazer aqui uma novena para São Paulo e você faz uma novena para São João Bosco e vamos ver quem vai ganhar!”. Eu aceitei o desafio, mas não sabia como saberia do resultado.  Assim, eu e a Ir. Dolores começamos uma novena, cada uma para um santo. Dias depois, perto de findar os nove dias, a minha professora me pediu para ir até a livraria, que era na casa das irmãs Paulinas, para comprar-lhe uns santinhos. Era uma quinta-feira, na capela, o Santíssimo ficava exposto o dia todo e, Ir. Dolores quando me viu, logo me convidou para ir rezar um pouco. Quando lá cheguei o padre, um Paulino, estava dando a benção. Ao me ver, colocou a mão sobre minha cabeça e disse: “Venha, venha logo!”. A Ir. Dolores, atenta a situação, exclamou: “Está vendo? São Paulo ganhou!”. 
BLOG: Ir. Brígida, como sua família reagiu quando você disse que iria ingressar nas Irmãs Paulinas?
Eu enfrentava ainda uma dificuldade: minha mãe não queria que eu fosse freira de nenhuma congregação, pois era a filha mais nova de nove irmãos. Mas, encontrei o apoio de meu pai e também da Ir. Dolores. Ingressei na congregação, mesmo sem o consentimento de minha mãe, que um tempo depois, quando veio me visitar pela primeira vez compreendeu e se alegrou com a minha vocação, por ver-me feliz e contente. Eu tinha 18 anos.

BLOG: Fale-nos um pouco sobre seus  primeiros anos  na Congregação:
Os primeiros tempos na congregação não eram fáceis. As irmãs eram poucas, a missão estava apenas começando e, muitas vezes, faltava até mesmo o necessário para viver. Aqui em São Paulo, a pequena livraria era numa sala dentro da casa que continha catecismo, alguns livros, folhetos, santinhos e, numa sala ao lado funcionava uma espécie de pequena tipografia, na qual elas trabalhavam manualmente na confecção de livros. Até mesmo a comida era pouca e não muito boa, como relata: “A irmã ia à feira na última hora, quando as frutas começavam a ficar mais baratas, por que eram só as sobras. Para mim, a comida foi o primeiro sacrifício, pois era muito ruim e era só aquilo que tinha. Porém, não quis desistir por causa disso e nunca disse nada aos meus pais e nem reclamei.”

BLOG: E como vocês viviam?
Vivíamos do que tinha, do que conseguiam com o próprio apostolado, na pobreza, porém num espírito de muita fé. As aulas sobre religião e mesmo as constituições que estudávamos eram todas em italiano, pois as irmãs que eram mestras: Estefanina, Dolores, Inês eram todas italianas e nem tinham muita preparação, somente a graça da vocação Paulina.

BLOG: Ir. Brígida, o que foi que te sustentou durante toda  sua caminhada?
O desejo de santidade, numa vida de fé e sacrifício, de obediência aos superiores, de confiança na Divina Providência que movia a vida Paulina nos inícios... Foram meu alicerce. Tudo o que me acontecia, quer seja de bom ou de ruim, era acolhido no Senhor, tudo era Ele quem permitia, a vontade da superiora e aquilo que lhe era pedido, era como a vontade de Deus para sua vida. Tinha a certeza de ser esse o caminho que Deus lhe indicava.   “O que sustentou minha vida foi a eucaristia. A oração. Eu sempre, na minha adoração ao Santíssimo, conversei com Jesus. Se estou sozinha, converso até alto, tenho certeza da presença Dele na minha vida. Deus nos paga bem. Ele paga bem. Tenho confiança, não me arrependo de nada que eu fiz. Tudo que eu fiz, tudo que me foi confiado, se eu não soubesse fazer, eu pedia a Deus para fazer no meu lugar. Sempre entreguei tudo a Jesus. Disse a Ele muitas vezes: ‘eu não sei fazer nada disso, fica você e sua mãe responsáveis por isso’”.
"Agradecemos ao Senhor o dom da vocação Paulina doado a Ir. Brígida. Seu testemunho vocacional, sua doação e seu amor ao Senhor e a Vida Paulina são luz e força para nós hoje que também desejamos seguir Jesus Mestre Caminho, Verdade e Vida na vida Paulina".

Irmãs Paulinas na JMJ

Venha nos visitar!

Convivência Vocacional na Comunidade de Canoas-RS


Nos dias 13 e 14 de julho estiveram presentes duas jovens em nossa comunidade de Canoas – RS, Débora Tartas e Paola Corrêa,  com o desejo de conhecer mais de perto a vida religiosa e a missão das Irmãs Paulinas. Principalmente o primeiro dia foi marcante para cada uma que assim escreveu:
 
Essa é a Débora

Gostei muito de participar do encontro e conhecer a vida dos fundadores. Desde pequena tive  vontade de ser irmã, mas de alguns anos para cá esta vontade foi se apagando, até o dia em que estava caminhando na feira do livro e procurando a banca da livraria Paulinas em Canoas/RS para comprar um livro a pedido do meu irmão. Quando cheguei recebi um convite de uma irmã para conhecer as Irmãs Paulinas, e este desejo de ser irmã surgiu novamente, e agora depois de conhecer mais sobre a história da congregação, fiquei com mais vontade ainda”. (Débora Tartas)

Essa é a Paola

Neste dia aprendi que as boas vocações estão a serviço da humanidade. Conheci um pouco mais sobre Pe. Tiago Alberione e Ir. Tecla Merlo, fundadores das Irmãs Paulinas. Aprendi que ser irmã é uma missão, ou seja, um chamado de Jesus Cristo”. (Paola Corrêa)
Nossa gratidão a Débora e Paola que para estes dias de convivência, porque desejam descobrir o projeto de Deus para suas vidas. 
Você jovem, que está lendo a experiência destas duas jovens, também são convidadas a descobrirem qual é o projeto de Deus para vocês.  Não tenha medo de conhecer a vida religiosa, você pode estar sendo chamada. Que tal nos conhecer? Entre em contato conosco através deste blog ou telefone.  

terça-feira, 16 de julho de 2013

Ir.Isabel Centenaro

É com pesar que comunicamos o falecimento de Ir. Isabel Centenaro, ocorrido  no dia 16/07/2013, em São Paulo-SP. Rezemos para que, do céu, ela interceda por todas as vocações.
Confira o testemunho vocacional que ela deu para nosso blog o ano passado, por ocasião de seus 50 anos de vida consagrada paulina:
 1. Qual o texto bíblico que iluminou sua caminhada ao longo desses 50 anos de vida consagrada? Os textos bíblicos são: "Eu sei em quem acreditei" e "Permanecei em mim" 

2. Ir. Isabel, como você conheceu a Congregação das Irmãs Paulinas?
Primeiramente conheci através do folheto "O Domingo" que recebíamos na paróquia e depois quando recebemos a visita de uma Irmã Paulina e aspirante que bateram na nossa casa para oferecer livros. Naquele dia adquirimos alguns exemplares e toda a familia valorizou e gostou da leitura. Acompanhei a irmã e ajudei à aspirante a carregar a bolsa tão pesada de livros. No fim do dia, estava cansada , mas me sentia feliz.

3. Você recorda um momento significativo de sua caminhada em que sentiu a mão de Deus sobre você? Não dá para descrever um momento, porque foram muitos os momentos. Posso dizer que a mão de Deus sempre me conduziu.
4. Em que setores   da missão Paulina você trabalhou? Qual deles considera mais desafiador? Trabalhei em vários setores:Encadernação e douração de livros, Revista Família Cristã, nas visitas domiciliares às famílias, como coordenadora de comunidade e ultimamente tenho me dedicado à gerência de livraria.

5. Deixe uma mensagem para as jovens que hoje desejam seguir Jesus mais de perto no Carisma Paulino?

A amizade

segunda-feira, 15 de julho de 2013

Adultos vocacionados


Como resposta aos adultos vocacionados ao ministério ordenado, Dom Eurico lança a semente do projeto de formação de presbíteros que não têm condições de frequentar de forma integral ou em parte o seminário tradicional. Baseado em documentos do Magistério eclesiástico, oferece uma alternativa de formação acadêmica e pastoral do futuro presbítero, que pode ser adaptada conforme a realidade de nossas comunidades eclesiais. "Preocupei-me com a formação integral do candidato inserido em sua comunidade familiar, religiosa, profissional e pastoral e não em um internato, cuja formação é descontextualizada e não integral." Julga, também que este assunto não foi suficientemente aprofundado pelo Magistério da Igreja. Aborda a formação dentro de uma realidade existencial e pastoral, baseado no que ele viveu como padre, formador e bispo.




domingo, 14 de julho de 2013

Livros sobre Sexualidade

Esta obra nasceu a partir de uma experiência realizada na Pastoral da Juventude de São Luís, no Maranhão, acompanhada por Dom José Belisário da Silva.
 
 Sentindo a falta de clareza a respeito de sexualidade, foram dedicadas algumas reuniões com assessores de várias dioceses para o estudo de temas relacionados ao assunto e o resultado, agora, pode ser dividido com outros grupos de jovens de todo o país. A iniciativa visa oferecer elementos para o diálogo sincero e livre, sem banalizações ou tabus. Assim, para cada um dos dez temas, apresenta-se um fato da vida - que funciona como uma introdução para a troca de idéias -, propõe-se uma discussão do tema - fundamentada em fatos históricos e científicos, na percepção da sociedade e da Igreja Católica - e apresentam-se sugestões para continuar a reflexão posteriormente.

É um trabalho despretensioso, mas muito útil para infundir nos jovens a responsabilidade e o respeito necessários para a convivência em sociedade, controlando ou expressando seus impulsos e energias de maneira construtiva. (Saiba +)Conheça também:
 
VER LIVRO
 

sábado, 13 de julho de 2013



sexta-feira, 12 de julho de 2013

Missão com coordenadores de grupos de jovens no RS

Ir. Neide Puel e jovens
Ir. Eliete e Ir. Neide estiveram neste último domingo, dia 07 de julho, na paróquia Nossa Senhora do Livramento em Guaíba-RS.
O encontro foi para coordenadores de grupos de jovens da paróquia. Participaram do mesmo 20 pessoas. O tema do encontro foi: O jovem de hoje e seus desafios (eficácia na ajuda aos jovens).

Ir. Eliete
Todos ficaram muito agradecidos e pedem que retornemos para futuros encontros. A exposição de produtos Paulinas foi muito apreciada por todos.

 

quinta-feira, 11 de julho de 2013

Experiência vocacional


A jovem Ingryd Hemilly Alencar tem 15 anos, é natural de Mombaça, interior do Ceará, e há um ano está fazendo acompanhamento vocacional com as Irmãs Paulinas que residem em Fortaleza-CE. Aproveitando o tempo das férias escolares, Ingryd  conviveu dois dias, 05 e 06 de julho, com as Irmãs. Além da convivência e partilha, ela pode participar da missão e da vida de oração das irmãs, oportunidade única para nutrir a vocação.

Ela mesma nos relata um pouco de sua experiência vocacional:
 
Chamo-me Ingryd sou do interior do Ceará, o sonho de ser uma Paulina iniciou no ano passado com uma visita a livraria, comprei um livro vocacional e a atendente perguntou para quem era o livro, assim que respondi que era para mim ela logo me apresentou as irmãs e, desde então, começamos  uma caminhada vocacional.
O desejo de seguir a vida religiosa já havia dentro de mim há um certo tempo, conhecendo um pouco mais sobre o carisma das Filhas de São Paulo fui me identificando cada vez mais. Sempre mantendo contato constante por meio de orações, visitas e etc. Hoje dia 05/07/13 estou aqui tendo o prazer de passar um dia e fazer essa experiência maravilhosa com as irmãs e Jesus Mestre, Caminho, Verdade e Vida  através da intercessão de Nossa Senhora Rainha dos Apóstolos, experiência na qual entrego a minha vida nas mãos do Senhor. Com certeza estou em orações por toda a Família Paulina e conto com as orações de vocês  nessa caminhada.Que assim como Maria nós possamos dizer nosso sim a Deus sem reservas e permitir que em nossa vida seja feita a sua vontade. Amém.”

Agradecemos ao Senhor da messe que suscita jovens de coração generoso para segui-Lo na vida Paulina e pedimos-lhe o dom da perseverança.

quarta-feira, 10 de julho de 2013

Ser responsável

Saiba +
 
O livro fala das responsabilidades impostas pela vida, pela sociedade, por Deus e por cada um a si mesmo e que precisam ser assumidas com amor (isto é, afeto, solidariedade, fé, coragem, otimismo) apesar do medo, que se traduz em insegurança, timidez, ansiedade, pessimismo.
 Ser responsável exige fidelidade, determinação, persistência, disciplina, dedicação, que são características de uma pessoa proativa, que está pronta a renúncias e sacrifícios. Isso a leva a ser mais consciente, amadurecer, aumentar a autoestima. O contrário disso são as pessoas reativas, que se sentem vítimas, injustiçadas, insatisfeitas e frustradas, mas não fazem nada para mudar. A responsabilidade número um é cuidar de si - assumir a responsabilidade por viver uma vida saudável e feliz, sem cair na tentação de adiar os compromissos e encontrar justificativas para a fuga. 
 Sinais como insatisfação, insegurança, perfeccionismo, indecisão, mágoas, devem servir como oportunidades para mudança e não predisposições para o fracasso, ao mesmo tempo em que são reforçados os mecanismos que levam ao sucesso. Nesse processo, a fé tem um papel importante, pois é o que alimenta a coragem de prosseguir diante das inevitáveis adversidades. (Adquirir Livro)

terça-feira, 9 de julho de 2013

Irmãs Paulinas na Festa do Pai Eterno

 
Com a participação de animadores vocacional junto com a juventude religiosa católica, estivemos  presente com stand montado perto do Santuário do Divino Pai Eterno  na cidade de Trindade-GO, no período de 28 de junho até dia 07 de julho.
 
Ir. Daiane
A vida religiosa marca presença na festa do Pai Eterno. Com apoio da CRB Goiânia, junto com a Arquidiocese de Goiânia. A comunicação a serviço da promoção vocacional. A rádio Difusora de Goiânia, cedeu no último dia 30, espaço para a divulgação do trabalho que está sendo realizado. Foram debatidos temas importantes e esclarecedores para todos os interessados. Estiveram presentes nessa missão, mais de 28 congregações.
Rádio Difusora
 
A Entrevista para rádio Difusora de Goiânia ocorreu no dia 29/06 com a participação: Ir. Daiane Paulinas, Post. Camila Missionárias de Cristo, Ir. Rosa Scalabriniana(CRB nacional), Fr. Eduardo Redentorista e Ir. Ana Claudia Dom. St. Rosário Melegnano.
Irmãs Paulinas e Paulinos
No último dia da missão vocacional, a equipe participou de todas as novenas e missas, rezando pelas vocações e animando os romeiros e romeiras do Pai Eterno.
No sábado dia 06 de julho ás 20h, a  Novena Solene do divino Pai Eterno foi celebrada especialmente pelas vocações. Foi presidia por Dom Magela, tinha aproximadamente 15 mil pessoas. No final da novena foi rezada a oração vocacional do Papa Paulo VI.
 
 

segunda-feira, 8 de julho de 2013

Para aprender a dar a vida

 
Senhor Jesus, começo a minha oração deste dia
recordando-me de tuas palavras:
"Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a vida pelo irmão".
Compreendo perfeitamente que tu não apenas dissestes estas palavras,
mas as cumpriste integralmente.
Deste a tua vida pelos homens, por mim particularmente.
Morrendo, deste-nos a vida e, ressuscitando,
asseguraste-nos a herança de uma vida que não morre mais.
Peço-te, meu Senhor, que ajudes a descobrir,
hoje, as muitas formas de se dar a vida,
porque pensamos quase sempre que só
podemos dar a vida pelos irmãos se a nossa
morte for violenta, como a tua.
Nem sempre imaginamos o "dar a vida"
como um processo diário, feito de pequenos gestos;
de uma palavra amiga, de uma presença solidária,
de uma atitude de luta pela justiça,
de uma vida partilhada em suas muitas formas de ser e de ter;
do despojar-se e pensar menos em si para querer o bem do outro.
Senhor, ensina-me a amar até às últimas consequências,
pois eu creio que só destes a vida por nós
porque nos amaste até o fim.
Ajuda-me a fazer da vida que me deste
um dom a ser partilhado, doado, consumado,
com amor e por amor. Amém.
(Autor: pe. Zeca)

Foi a minha fé

domingo, 7 de julho de 2013

Adolescendo...

 
Adolescendo... a fase mais linda da vida.

Imagine um riacho cristalino que desce da montanha; um equilibrista na corda bamba da vida; um fruto amadurecendo e criando as primeiras sementes; imagine alguém que aprende, a duras custas, a equilibrar-se na bicicleta da vida; imagine, ainda, alguém que aprende a dirigir e descobre o freio, o acelerador e os semáforos.

A adolescência é um pouco de tudo isso.
É crescimento, aprendizado e descoberta dos porquês da vida.

Adolescência é transição.
Tão importante quanto o trecho que leva de uma estrada à outra, tão importante quanto um voo de conexão para outro grande voo.  Mas é transição.
Dura pouco e deve durar pouco.
Dura menos que a infância, menos que a juventude e menos que a idade adulta.
Quem lhe dissesse que adolescência e juventude são as fases mais lindas
da vida estaria fazendo poesia e média com os jovens, mas não estaria dizendo a verdade.

Se for assim espere uma vida feita depois dos 25 anos...
O projeto humanidade é bem diferente.
O ser humano é feito para amadurecer.
E a vida adulta apesar de carregar enormes problemas decorrentes das opções próprias do adulto, pode e deve ser mais linda do que a juventude.
Não leve muito a sério o adulto que lhe diz que a juventude é a fase mais linda da vida.
Nas entrelinhas está dizendo que é mais infeliz agora do que quando era jovem.
E que sua vida agora é menos linda do que aos 17 anos.
Acredite mais naquela pessoa de 50 ou 60 anos que se mostra feliz e gosta imensamente de ser quem é. Aprenda com esta. Amadureceu feliz.


(Padre Zezinho, scj)

sábado, 6 de julho de 2013

Conheça o Papa Francisco



sexta-feira, 5 de julho de 2013

"Luz da Fé"

Missas e Shows no Riocentro durante a JMJ Rio 2013

A programação do Bote Fé Brasil está recheada de shows e missas! Conheça as atrações que serão apresentadas aos peregrinos da JMJ Rio2013 no palco Bote Fé Brasil, localizado no pavilhão 4 da Cidade da Fé, no Riocentro, entre os dias 20 e 26 de julho.
 
No dia 20 de julho haverá Missa com Pe. Fábio de Melo e Shows com Celina Borges, Marília Mello, Via 33, Márcio Pacheco, Conexa, Amor e Adoração.
 
A Missa com Pe. Reginaldo Manzotti  será no dia 21 de Julho e os Shows serão de Vida Reluz, Tribo Maranatha, Jack, Expresso HG, Diego Fernandes, Eros Biondini, Eliana Ribeiro, Brais Oss, Dunga e participação especial do Pe. Joãozinho no palco e estandes.
 
No dia 22 de julho haverá shows com Missionário Shalom, Tony Alisson, Flaviane, Dominus, Anjos de Resgate, Cleiton Saraiva e a apresentação do Vida in Concert com Elba Ramalho e convidados.
 
Ainda há Artistas confirmados que serão divulgados aqui, fique ligado!
A programação completa e os horários serão divulgados no site da Cidade da Fé em breve.
A entrada na Cidade da Fé no Riocentro será livre e gratuita. Para chegar na Cidade da Fé e participar dos shows e missas, acesse aqui e conheça a localização do Riocentro.
Participe! Cidade da Fé de 20 a 26 de Julho no Riocentro,  Rua Salvador Allende, 6555 na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro.
_____________________________
Serviço:
CIDADE DA FÉ
Data: de 20 a 26 de julho de 2013
Local: Riocentro – Barra da Tijuca – Rio de Janeiro – RJ
Programação:
ExpoCatólica (Feira de Livros e Artigos Religioso)
FÉstival (Festival Internacional de Turismo Religioso)
Bote Fé Brasil (Shows, Entretenimento, Cultura)
Expo Vocacional (Feira de Congregações e Comunidades Religiosas)
Contatos:
(11) 2099 6688
 

quinta-feira, 4 de julho de 2013

Teologia da Amizade

Saiba +
Este livro, página por página, envolve-nos numa viagem que convoca a cultura e a espiritualidade, a antropologia e a Bíblia, as artes e a experiência cotidiana. Deixando ainda espaço para que juntemos a nossa voz nesta espécie de elogio àquilo que os amigos são.
Esta obra é um apelo a redescobrirmos Deus nos outros, redescobrindo-nos a nós próprios. Não é para ser lido com a pressa de querer chegar.
A amizade é sempre uma epifania e, por isso, existe uma teologia da amizade, um sentido divino para a amizade.
O autor nomeia o significado profundo da amizade e, ao mesmo tempo, o seu segredo, a serena aceitação dos seus limites. Explora esse tema com um raro conjunto de referências, uma imersão profunda na Palavra de Deus, associada também a uma penetrante compreensão das raízes clássicas da nossa civilização, uma sensibilidade para a poesia, infelizmente tão ausente na teologia, e intuições profundas que serão certamente acolhidas com interesse também por outras culturas.  Este é um livro que revela um profundo respeito pelo outro, um livro para ser saboreado. (Adquirir Livro)

quarta-feira, 3 de julho de 2013

Campanha da Fraternidade 2014

 
A Igreja do Brasil está atenta à triste realidade do tráfico humano. Tanto é que a Campanha da Fraternidade de 2014 terá como tema “Fraternidade e Tráfico de Pessoas” e lema “É para a liberdade que Cristo nos libertou” (Gl 5,1). Dentro da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, várias pastorais e organismos lidam direta ou indiretamente com o tema. Isso levou à organização do Grupo de Trabalho Tráfico Humano, que tem se reunido para tratar de várias questões, inclusive da preparação da Campanha da Fraternidade do próximo ano. O grupo de trabalho conta com representantes da Comissão Pastoral da Terra (CPT), da Pasto (vinculada à Conferência dos Religiosos do Brasil – CRB), do setor de Mobilidade Humana e da Comissão Episcopal Pastoral para o Serviço da Caridade, da Justiça e da Paz.
Em dezembro, o grupo se reuniu para avaliar os trabalhos de 2012 e planejar os próximos passos.  Durante o encontro, os representantes analisaram as atividades e as linhas de ação utilizadas ao longo do ano, e organizaram a agenda para 2013, alicerçada em quatro eixos: formação e produção de conhecimento; articulação e incidência política; comunicação; e a preparação da campanha da fraternidade de 2014. O grupo deu continuidade à elaboração de um material institucional, que traça a identidade do GT, e aos preparativos da CF 2014.
“O objetivo geral da Campanha da Fraternidade será identificar as práticas de tráfico humano em suas várias formas e denunciá-las como violação da dignidade e da liberdade humanas, mobilizando cristãos e pessoas de boa vontade para erradicar este mal com vista ao resgate da vida dos filhos e filhas de Deus”, afirmou o assessor do Setor Música Litúrgica da Conferência Nacional dos Bispos do brasil (CNBB), padre José Carlos Sala.
por: Jovens Conectados com informações da CNBB

Irmãs Paulinas na Expo Vocacional da JMJ

 
A Igreja necessita de missionários fervorosos, com capacidade de revestir-se de Cristo e de seu amor pela humanidade. A vocação é, pois, uma escolha que nasce do chamado divino.
O chamado de Deus é um mistério, pois nasce do profundo de cada ser humano. Sua fé, seu entusiasmo, sua convicção profunda, seu amor a Deus e ao próximo.
Vocação é mistério divino inexplicável, e Deus nos surpreende com as mais variadas formas de chamar para segui-lo. Inúmeras pessoas tantos santos e santas, foram chamados por Deus em circunstâncias diversas e de modos inexplicáveis. (Pe. Geraldo Tadeu Furtado – em matéria para Revista Paróquias & Casas Religiosas)
Por isso, a Cidade da Fé reservou um espaço para aproximar os participantes da JMJ (Jornada Mundial da Juventude) Rio2013 dos variados caminhos vocacionais que a Igreja Católica possui. A Expo Vocacional é uma Feira que reúne ordens, congregações e comunidades religiosas com o intuito de apresentar seus modos de vida, missão e carismas e aproximar-se dos que buscam um caminho e respostas para vocação sacerdotal e religiosa.
Estando mais próximos da Igreja e de pessoas que vivenciam estes carismas existe a possibilidade de intensificar a busca e o encontro desta resposta que há no profundo de si.
Para participar da Expo Vocacional, na semana anterior e durante a Jornada, visite a Cidade da Fé realizada no Riocentro, na Barra da Tijuca – RJ.
Acompanhe a programação, expositores e mais novidades no site cidadedade.com.
Venha nos visitar!_____________________________________________________________________________
Serviço:
CIDADE DA FÉ
Data: de 20 a 26 de julho de 2013
Local: Riocentro – Barra da Tijuca – Rio de Janeiro – RJ
Programação:
ExpoCatólica (Feira de Livros e Artigos Religioso)
Festival (Festival Internacional de Turismo Religioso)
Bote Fé Brasil (Shows, Entretenimento, Cultura)
Expo Vocacional (Feira de Congregações e Comunidades Religiosas)

Como Chegar ao Riocentro a Cidade da Fé


Endereço

Av. Salvador Allende, 6.555 – Barra da Tijuca, RJ.

Como chegar

Linhas de ônibus:

BRT TransOeste com Conexão:

Estação Pontal
  • 747– Madureira – Vargem Grande
  • 810– Largo dos Piabas – Hospital Cardoso Fontes
 

Estação Salvador Allende
  • 736- Cascadura x Riocentro – Circular
  • 758– Cascadura x Recreio (Via Salv. Allende) – Circular
  • 808– Colônia x Joatinga (Via Barra Sul)
  • 831– Colônia x Joatinga (Via Barra Sul)
 

Linhas Alimentadoras para chegar até o BRT
  • 854 A– Campo Grande x Barra da Tijuca
  • 855 A– Bangu x Barra da Tijuca (via Jardim Maravilha)
  • 879 A– Campo Grande x Alvorada (via Estrada do Magarça)
  • 896 A0 Pingo d’Água x Barra da Tijuca (via Pedra de Guaratiba)

Terminal Alvorada – Rio Centro

  • Circular – Alvorada – Riocentro (ponto final do estacionamento do Riocentro)
  • 806- Boiuna – Barra da Tijuca (via Autódromo)
  • 808- Colonia – Joatinga (via Barra Sul)
  • 831- Colonia – Joatinga (via Barra Sul)
  • 832- Colonia – Joatinga (via Autódromo)

Linha Direta da Zona Sul até o Rio Centro

  • 332- Castelo – Taquara (Via Barra da Tijuca) Ar Condicionado

Castelo (Centro da Cidade) – Rio Centro

  • 348- Castelo – Rio Centro (Via Linha Amarela)
  • 368- Castelo – Rio Centro (Via Serra Grajaú-Jacarepaguá)
  • 352- Castelo – Rio Centro (Via Autódromo / Linha Amarela)
  • 332- Castelo – Taquara (Via Barra da Tijuca) Ar Condicionado

Cascadura/Madureira – Rio Centro

736- Cascadura – Rio Centro

747- Madureira – Vargem Grande
757- Cascadura – Rio Centro
758- Recreio – Cascadura (via Av. Salvador Allende)

Del Castilho – Rio Centro

613- Castelo – Rio Centro (Via Autódromo / Linha Amarela) Ar Condicionado
Como chegar até o Terminal Alvorada:

Da Zona Sul:

308- Central – Barra da Tijuca (Via Copacabana / Av. Américas)

309- Central – Alvorada (Botafogo / Sernambetiba)

  • 523- Alvorada – Leme
  • 524- Botafogo – Barra da Tijuca (via Humaitá)
  • 465- Cascadura – Gávea (via Ayrton Senna)
  • 525- General Osório x Alvorada (Ar Condicionado)

Da Zona Norte:

  • 333- Rodoviária x Barra da Tijuca (via Sernambetiba)
  • 301- Rodoviária x Barra da Tijuca (via Av. Américas)
  • 305- Rodoviária x Barra da Tijuca (via Túnel Rebouças)
  • 614- Del Castilho x Alvorada (Ar Condicionado)
  • 701- Madureira x Alvorada
  • 2018- Aeroporto Internacional x Alvorada – Executiva com Ar Condicionado
  • 2918- Aeroporto Internacional x Alvorada (via Linha Amarela) Executiva com Ar Condicionado
  • 690- Méier x Alvorada (via Av. Dom Hélder Câmara / Linha Amarela)
  • 691- Méier x Alvorada (via Taquara / Linha Amarela)
  • 692- Méier x Alvorada (via Av. Dom Hélder Câmara / Linha Amarela)
  • 693- Méier x Alvorada (via Dias da Cruz / Linha Amarela)
  • 753- Cascadura x Recreio
  • 465- Cascadura x Gávea
  • Da Barra/Jacarepaguá:

  • 880- Recreio x Rio das Pedras (circular)
  • 808- Joatinga x Recreio (via Av. Américas)
  • 805- Jardim Oceânico x Alvorada
  • 826- Joatinga x Vargem Grande

Da Zona Oeste:

  • 853- Vila Kennedy x Barra da Tijuca
  • 876- Vila Kennedy x Alvorada
  • 877- Campo Grande x Alvorada
  • 883- Bangu x Barra da Tijuca (via Estrada do Pre)
  • 387- Restinga da Marambaia x Carioca
  • 878- Santa Cruz x Alvorada (via Av. Dom João VI)
  • 896- Pingo D’água x Barra da Tijuca (via Pedra de Guaratiba)
  • 803– Senador Camará x Alvorada
  • 888- Sulacap x Barra da Tijuca (via Ayrton Senna)
  • 889- Sulacap x Alvorada (via Novo Leblon)

De Outros Municípios:

  • 400T- Belford Roxo x Barra da Tijuca
  • 425T- Queimados x Barra da Tijuca
  • 425T- Japeri x Barra da Tijuca (transbordo em Queimados)
  • 415T- Duque de Caxias x Barra da Tijuca
  • 415T- Magé x Barra da Tijuca (transbordo em Caxias)
  • 405T- Petrópolis x Barra da Tijuca (via Madureira)
  • 410T- Nova Iguaçu x Barra da Tijuca
  • 420T- Mesquita – Nilópolis x Barra da Tijuca
  • 460S- Itaguaí x Barra da Tijuca