sábado, 31 de março de 2012

Domingo de Ramos

Confira o Vídeo que explica o sentido Litúrgico deste Domingo de Ramos
Fonte: You Tube







sexta-feira, 30 de março de 2012

27º Dia Mundial da Juventude

No próximo dia de abril, domingo de Ramos, como é de costume, a Igreja  Católica celebra o Dia Mundial da Juventude. Acompanhe conosco uma parte da Carta que o papa Bento XVI esvreveu para os jovens de todo o mundo.


Queridos jovens,

Fico feliz em dirigir-me novamente a vocês, em ocasião do 27º Dia Mundial da Juventude. A recordação do encontro em Madri, em agosto passado, permanece muito presente no meu coração. Foi um extraordinário momento de graça, no qual o Senhor abençoou os jovens presentes, vindos do mundo inteiro.
Dou graças a Deus por tantos frutos que fez nascer naqueles dias e que no futuro não deixarão de multiplicar-se para os jovens e para as comunidades as quais pertencem.
 Agora, estamos já nos orientando para o próximo encontro no Rio de Janeiro, em 2013, que terá como tema “Ide, pois, fazei discípulos entre todas as nações!” (Mt 28, 19).
Este ano, o tema do Dia Mundial da Juventude nos é dado de uma exortação da Carta de São Paulo apóstolo aos Filipenses: “Alegrai-vos sempre no Senhor!” (4,4).

A alegria, de fato, é um elemento central da experiência cristã. Também durante cada Jornada Mundial da Juventude fazemos a experiência de uma alegria intensa, a alegria da comunhão, a alegria de ser cristãos, a alegria da fé. Esta é uma das características destes encontros. E vemos a grande força atrativa que essa tem: num mundo muitas vezes marcado pela tristeza e inquietude, é um testemunho importante da beleza e da confiabilidade da fé cristã.

“De fato a alegria é um elemento central da experiência cristã. Também experimentamos em cada Jornada Mundial da Juventude uma alegria intensa, a alegria da comunhão, a alegria de sermos cristãos, a alegria da fé. Esta é uma das características desses encontros”, diz Bento XVI.
“Dou graças a Deus pelos muitos frutos que a Jornada suscitou e que no futuro seguirão multiplicando-se entre os jovens e as comunidades às quais pertencem. Agora nós estamos nos dirigindo para o próximo encontro no Rio de Janeiro no ano de 2013, que terá como tema ‘Ide e fazei discípulos entre todas as nações’ (cf. Mt 28,19)", diz a mensagem do papa.

Bento XVI aponta um caminho para encontrar e vivenciar a alegria, com origem em Deus. O texto da mensagem está dividido em sete pontos:
  •  Nosso coração foi feito para a alegria;
  • Deus é a fonte da verdadeira alegria;
  • Conservar no coração a alegria cristã;
  • A alegria do amor;
  •  A alegria da conversão;
  •  alegria nas provas;
  • Testemunhas da alegria.
Na última parte da mensagem o papa Bento XVI convida os jovens a serem missionários da alegria. Não se pode ser feliz se os demais não são felizes. Por isso é necessário compartilhar a alegria. “Vão contar aos demais jovens a sua alegria de ter encontrado aquele tesouro precioso que é Jesus. Não podemos conservar para nós a alegria da fé; para que esta possa permanecer em nós, temos que transmiti-la”, disse.

segunda-feira, 26 de março de 2012

Encontro de Cooperadores Paulinos para o Evangelho


Na tarde desse domingo, 25 de março, aconteceu na comunidade da Cidade Regina, em São Paulo – SP, o primeiro encontro de Cooperadores Paulinos para o Evangelho, que residem nas regiões próximas a Osasco.


Participaram três casais e a jovem Camila, vocacionada Paulina e filha de um desses casais. Ir. Izonete Dalla Corte e as noviças: Daiane Abreu e Mery de Sousa conduziram o encontro, no qual apresentaram a vocação do Cooperador Paulino para o Evangelho e conversaram com eles a fim de conhecerem-se  melhor e combinar futuros encontros.


Após o lanche com toda a comunidade do noviciado, o encontro concluiu-se com uma hora de adoração eucarística, momento de agradecer ao Senhor pelo dom da vocação Paulina e por esse primeiro encontro. 


Uma semente vocacional foi lançada no coração desses leigos que anseiam por viver e comunicar a Palavra.
____________________________

Você sabe o que é o Cooperador Paulino para o Evangelho?

Os Cooperadores Paulinos são uma Associação Eclesial de Leigos nascida do coração apostólico do bem-aventurado Tiago Alberione, fundador da Família Paulina. De 1918, data da aprovação da Igreja, até hoje, estão presentes nos cinco continentes. São homens e mulheres – adultos e jovens, solteiros e casados que descobriram o tesouro do chamado paulino e, no mundo, vivem esse chamado, permanecendo no estado de vida que abraçaram, mas unidos à Família Paulina, com a qual partilham o espírito e a missão.
Este projeto de vida nasceu da inspiração profética de Alberione, que acolheu o apelo de Jesus para fazer alguma coisa pela humanidade. Ele percebeu que para anunciar o Evangelho utilizando os instrumentos da comunicação, eram necessários não apenas meios velozes e eficazes, mas, sobretudo, uma legião de religiosos, religiosas e leigos, pessoas generosas, que possuíssem o ardor missionário do apóstolo Paulo. Padre Alberione deu à Família Paulina o Apóstolo dos gentios, como pai, mestre, modelo e protetor.
A vocação dos Cooperadores Paulinos é um verdadeiro ideal de vida missionária na Igreja, um chamado que enriquece a pessoa e abre-a para os vastos horizontes da vida cristã. Quem sente, como Alberione, uma grande paixão por Deus e pela humanidade encontrará, na Associação dos Cooperadores Paulinos, a forma ideal para dar sentido à própria vida e contribuir para semear o bem na vida das pessoas.
As pessoas que desejarem conhecer essa proposta evangelizadora escrevam para: 
Irmãs Paulinas, Rua Dona Inácia Uchoa, 62 – Bloco B – Vila Mariana. CEP: 04110-020 – São Paulo (SP), deixar recado nesse blog oucooperadores@paulinas.com.br

sexta-feira, 23 de março de 2012

Escola visita o Parque Gráfico de Paulinas


O Parque Gráfico de Paulinas, localizado na Raposo Tavares, Km 19,145 em São Paulo – SP, acolheu, com alegria, a visita da primeira escola neste ano. Cerca de duzentos alunos, do 2º ao 5º ano, do Educandário Nossa Senhora Aparecida (ENSA), entre os dias 19 e 20 de março, vieram para essa visita a fim de descobrirem o mundo mágico do livro.


A visita iniciou com uma acolhida preparada pelas noviças Paulinas, que introduziam as crianças no mundo livro, com música, brincadeiras, teatro e contação de histórias. 


Logo após, divididos em grupos pequenos as crianças iam para a visita monitorada à gráfica, onde acompanhavam todo o processo de impressão do livro, desde a montagem dos fotolitos até o acabamento final. Roberto, supervisor da gráfica, explicava-lhes a função de cada máquina. As crianças ficavam encantadas e curiosas, sem imaginar que o livro passasse por todo esse processo antes chegar em suas mãos.


Por fim, a visita se concluiu na livraria Paulinas. O lugar onde os livros, já prontos, aguardam o seu destino final: ir para as mãos e as mentes dos leitores e transformar ideias e atitudes.



Agradecemos ao Senhor por essas crianças e educadores que tiveram a oportunidade de conhecer um pouco de nossa missão. Que cresça neles o amor pelos livros que são instrumentos essenciais para a formação de nossas crianças e jovens!      

quarta-feira, 21 de março de 2012

Lema da JMJ 2013

Ide e fazei discípulos entre todas as nações!
“A Jornada Mundial da Juventude em Madrid renovou nos jovens o chamado a serem o fermento que faz a massa crescer, levando ao mundo a esperança que nasce da fé. Sede generosos ao dar um testemunho de vida cristã, especialmente em vista da próxima Jornada no Rio de Janeiro”.
Essa convocação foi feita pelo Papa Bento XVI no anúncio do lema da Jornada Mundial da Juventude Rio2013: “Ide e fazei discípulos entre todas as nações” (Mt 28, 19), durante a audiência geral no dia 24 de agosto.
Na ocasião a catequese foi dedicada a JMJ 2011, que havia terminado no dia 21 do mesmo mês. Bento XVI recordou com carinho a participação e a alegria dos cerca de dois milhões de jovens em Madrid, ao que ele chamou de “uma formidável experiência de fraternidade, de encontro com o Senhor, de partilha e de crescimento na fé: uma verdadeira cascata de luz.”
Por isso é tão importante que os jovens do Brasil e do mundo assumam desde agora esse chamado à missão e participem da Jornada como testemunhas vivas do Cristo.

Para o padre Geraldo Dondici Vieira, diretor do Departamento de Teologia da PUC-Rio, esse é um lema para ser guardado no coração, refletido e meditado. “Esse tema, de fazer discípulos, de chamar outros discípulos para a comunhão e o convívio com o Senhor, é o tema mais querido do Evangelho de Mateus. Esse mandato, essa missão já está anunciada em todo o Evangelho. E, na verdade, só faz discípulo quem já é discípulo, quem convive com o Senhor”, afirmou o sacerdote.
Padre Dondici ressalta que esse testemunho e o próprio anúncio do Cristo, são grandes desafios pra juventude, que vive em um mundo plural, com milhares de informações, seja através das escolas, lazer, internet, especialmente no contato com as redes sociais, como o facebook, twitter: “Com essas mil participações, ele, jovem discípulo, é chamado a plantar no coração de quem ele encontrar, com quem ele se comunicar, o desejo de ser discípulo de Jesus”.
“O que ganha o discípulo de Jesus? Ganha a pertença ao reino, ganha a certeza do amor de Deus, ganha a certeza de ser para os outros sinal de misericórdia e de amor. Ganha o levar e doar a paz do Senhor. São esses frutos e dons que o mundo muito precisa. O perdão, a misericórdia, a paz é que irão diminuir na sociedade, no mundo de hoje, a violência, a guerra, a corrupção, a maldade, tudo aquilo que tira a possibilidade do jovem crescer e colocar toda a sua riqueza e vitalidade a serviço da humanidade”, afirmou.

No mandato final do texto de Mateus – “Ide e fazei discípulos entre todas as nações” –, explicou o padre, está um grande sonho antropológico de todos, de que o contato com o Senhor, a amizade com Ele, desperte o que cada um tem de melhor em si mesmo.
“Vivemos em um mundo onde há muitos desperdícios, perdas humanas, por falta de chance. O convívio com o Senhor desperta o que temos de melhor. O anúncio ‘Ide e fazei discípulos entre todas as nações’ é um anúncio para a vida toda. Em nenhum momento podemos fazer um intervalo dele, porque ele supõe que aquele que é amigo do Senhor, pela sua vida, pelo seu estar no mundo, comunique aos outros a luz, a beleza e a alegria de ser discípulo do Senhor. Essa é a missão que a nossa Igreja precisa. Muitas vezes estamos paralisados e perplexos diante de um mundo que avança meio loucamente, e nesse mundo nós temos a presença do Senhor que nos escolheu, que escolheu o jovem para ser sinal do amor e da alegria Dele no mundo”, concluiu.

terça-feira, 20 de março de 2012

Leitura Orante da Palavra com os Jovens


Na manhã deste domingo, 18 de março, aconteceu na Casa deOração das Irmãs Paulinas, em São Paulo-SP, o primeiro encontro do Projeto Jovem - Leitura orante da Palavra de Deus. Participaram seis jovens com as irmãs Roseli, Vanderlane, Maria José e a noviça Karina. Juntos rezaram e partilharam o evangelho da liturgia do domingo, Jo 3, 14-21, no qual sentimos claramente o amor que Deus tem por nós, pois nos enviou o seu único Filho “para que não morra todo o que nele crer, mas tenha a vida eterna”.


Foi um momento muito rico de partilha da Palavra de Deus e dos frutos que ela produz em nossa vida. A jovem Ariadne, que há mais de um ano participa dos encontros da Leitura Orante, partilhou que sente uma transformação em sua vida a partir da Palavra, pois o seu relacionamento com os pais melhorou muito, ela pode reconhecer que muitas vezes estava errada e precisava mudar.


Que esses encontros com a Palavra continuem transformando a vida de nossos jovens!

E você, jovem, que mora em São Paulo – SP, também pode vir participar conosco!
O próximo encontro será no dia 15 de abril, das 9:00 as 13:00 horas. 
Na Casa de Oração das Irmãs Paulinas: 
Rod. Raposo Tavares, Km 19,145
Jardim Monte Alegre – São Paulo – SP.

Confirme sua presença pelo telefone: (11) 3789-1429

Acolhemos com carinho, você, que deseja fazer uma experiência com a Palavra de Deus!

sexta-feira, 16 de março de 2012

Cativados pelo amor

Saiba +
Temas de reflexão e vivência entre os jovens
 Os temas - ser gente, descobrir Deus por meio de Jesus, amar e se deixar cativar pelo amor - abordam questões de fundamental importância para uma geração que enfrenta a difícil tarefa de elaborar seu projeto de vida num contexto cultural de fragmentação e de crise de valores.
As histórias que o livro conta e os quinze exercícios que propõe em continuidade com os temas, tornam a leitura agradável e facilitam o aprofundamento das reflexões que se vão desenvolvendo, sempre voltadas para a vida concreta dos jovens.

quinta-feira, 15 de março de 2012

Retiro do Setor Juventude de São Paulo - SP

No último sábado, dia 10 de março de 2012, a Ir. Fabíola Medeiros participou do Retiro anual com os jovens do Setor Juventude da arquidiocese de São Paulo.


O retiro aconteceu no colégio Pio XI dos padres Salesianos na região da Lapa em São Paulo e contou com a participação de aproximadamente 65 jovens dos mais diversos movimentos, pastorais juvenis da arquidiocese.


O retiro foi assessorado por D. Tarcísio Scaramuzza e teve como tema "Alegrai-vos no Senhor" Fl 4, 4-5, que também será o tema da carta do papa para o Dia Mundial da Juventude.



quarta-feira, 14 de março de 2012

JMJ 2013: Os voluntários da jornada

Há uma função fundamental para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) e, de modo especial, para a JMJ Rio2013: a do voluntário. No dia 25 de março será lançada a Campanha do Voluntariado para a JMJ Rio2013. Para saber mais sobre a atuação dos voluntários e como acontecerá a campanha, entrevistamos o responsável pelo Setor de Voluntariado, padre Ramon Nascimento.

Setor de Comunicação da JMJ - Quem pode ser voluntário da JMJ? O que é preciso?
Padre Ramon Nascimento - Qualquer pessoa pode ser voluntária desde que tenha 18 anos no período da JMJ. “Ah, mas eu vou fazer aniversário no finalzinho da JMJ.” Não pode. Tem que fazer 18 anos até o primeiro dia da JMJ. Então, você tendo 18 anos, pode ser voluntário.

JMJ - O que os voluntários significam para a Jornada?
Padre Ramon - Eu diria que os voluntários são a alma da Jornada, porque os voluntários são aqueles que fazem a Jornada acontecer, que realizam os trabalhos, que acolhem os peregrinos e preparam todas as coisas. O voluntário é o braço da Jornada que se estende até os peregrinos para acolher, para ajudar e para dar toda a orientação para que eles possam, de fato, viver a Jornada Mundial da Juventude.
Voluntários com o papa Bento XVI
JMJ - Qual a mensagem da campanha para o voluntariado?
Padre Ramon - O nosso slogan é entender que não importa quem você seja; há dentro de cada pessoa uma juventude. É preciso exercitá-la. Vocês vão ver que a grande questão é que exerça a sua juventude. “Curta, compartilhe, exerça a sua juventude”.

JMJ - Quais serão as funções dos voluntários? Em que eles poderão atuar?
Padre Ramon - Nas mais diversas funções, desde o acolhimento no aeroporto e na rodoviária, a preparação do palco, a segurança, a entrega de água. Ou seja, tudo o que acontece dentro de uma Jornada.

JMJ - Para ser voluntário, precisarei estar disponível 24 horas por dia para a JMJ?
Padre Ramon - Não precisa estar 24 horas. Mas, no período da Jornada a gente espera que a pessoa tenha disponibilidade porque esses dias são vividos intensamente. Cada um dá o pouco que tem, sabendo que no período da Jornada vamos precisar que esse pouco se torne um pouquinho maior.

JMJ - Hoje, já são 9 mil voluntários. Em que número vocês pretendem chegar?
Padre Ramon – No total serão de 60 mil. Mas temos que entender e respeitar as quantificações desses voluntários. Porque desses 60 mil, 45 mil são voluntários diocesanos, não só da Arquidiocese do Rio de Janeiro, mas de parte da Arquidiocese de Niterói, Nova Iguaçu e Duque de Caxias, e os outros 15 mil serão divididos em dois grupos: 7,5 mil de voluntários internacionais e 7,5 mil de voluntários nacionais.

JMJ - Por que é necessário esse número de voluntários?
Padre Ramon - Porque há uma expectativa. Na verdade, isso ainda é uma estimativa. Só teremos esse número fechado quando tivermos organizado todas as funções. Por enquanto, 60 mil é um número estimado, é como uma base para trabalho.

JMJ - Eu quero ser voluntário, mas ainda não sou um profissional. Vai haver alguma capacitação?
Padre Ramon - Sim. Mesmo quem é profissional passará por um treinamento. Dependendo do trabalho a ser realizado, ele poderá ser feito não só com a sua formação, mas dentro de uma maneira, dentro de uma metodologia que vai estar estipulada.

JMJ - Qual a importância do trabalho dos coordenadores dos voluntários paroquiais da JMJ Rio2013?
Padre Ramon - Os coordenadores paroquiais são a nossa presença em cada paróquia, eles são os nossos animadores. São eles os grandes captadores, nossos maiores divulgadores. Sem eles, nós não chegamos às paróquias. Cada coordenador de voluntário nas paróquias é a nossa presença, é a nossa voz, é o nosso olhar, é a nossa mão.

JMJ - Para os voluntários que moram longe, será oferecida alimentação e serão cobertos os custos com o transporte?
Padre Ramon - Vamos entender o seguinte: quando falamos de voluntários que moram longe, estamos falando dos que não são da Arquidiocese do Rio ou das subsedes, que são Niterói, Nova Iguaçu e Caxias. Quando uma pessoa se oferece como voluntária, não nos responsabilizamos pelo deslocamento de onde a pessoa mora para o Rio e vice-versa. Quanto ao deslocamento dentro da cidade, nós vamos nos responsabilizar. Ou seja, o deslocamento que ela vai ter de onde ela mora para chegar ao Rio de Janeiro é por conta dela. O deslocamento que ela vai ter do Rio de Janeiro para voltar para casa é por conta dela. Mas, enquanto ela estiver aqui servindo, exercitando o seu ministério de voluntário como membro da JMJ, vamos cuidar que tenha como se deslocar e, é claro, vamos cuidar para que ela seja bem alimentada. E vamos buscar junto às paróquias um local para que ela fique hospedada.

Por Renato Francisco
Fonte: Olhar Digital

terça-feira, 13 de março de 2012

Entrevista com Ir. Ires Masotti

Olá, pessoal! Dando continuidade à série de entrevistas com nossas irmãs que celebram 50 anos de vida consagrada paulina, hoje quem partilha conosco sua experiência vocacional é a Ir. Ires Masotti, que atualmente mora em Belém - PA. Confira:
 
1. Qual o texto bíblico que iluminou sua caminhada ao longo  desses 50 anos de vida  consagrada?
A frase bíblica foi "Basta-te a minha graça, pois é na fraqueza que a força do meu poder se manifesta".  (2Cor 12, 9)

2. Ir. Ires, como você conheceu a Congregação das Irmãs Paulinas?
 A primeira pessoa que me falou das Paulinas foi minha mãe, ela ficou  conhecendo através da  Irmãs que fizeram visita na cidade. Depois foi alimentada por minha prima que na época entrou na congregação.

 3. Você recorda um momento significativo de sua caminhada em que sentiu a mão de Deus sobre você?
Os momentos significativos  são inúmeros, a misericórdia e a bondade de Deus se manifesta sempre pois Ele é fiel. Mas um momento  que vou relatar foi na véspera de entrar na  Congregação, quando meu  Pai  me falou  que era para pensar bem o que eu queria  e me aconselhou, senti neste momento que Deus me chamava. Embora não entendesse  o  que meu  pai falava , sabia que era  a manifestação de Deus... Só  no caminhar da vida fui entendendo...
 4. Em que setores da missão Paulina você trabalhou? Qual deles considera mais desafiador?
 Já exerci a apostolado em diversos campos: missão nas famílias, serviços da casa, na cozinha, na parte técnica e nas livrarias.
Pela grandeza da vocação e missão com fé e confiança na missão é possível superar, mas a mais desafiadora para mim foi o tempo em que se fazia vistas as famílias (Propaganda) hoje  sem duvida é o gerenciamento da livraria.

5. Deixe uma mensagem para as jovens que hoje desejam seguir Jesus mais de perto no Carisma Paulino?
 Não há maior amor do que dar a vida pelos amigos ( Jo 15,13). A você jovem, que se sente chamada a consagrar-se ao serviço do Reino, venha juntar-se a nós na missão Paulina. É uma missão  grande e desafiadora, mas uma missão linda que evangeliza  com os  meios atuais da comunicação. Saiba que Jesus quando chama é fiel. Venha nos conhecer!

sábado, 10 de março de 2012

A liberdade

Um dos direitos mais fundamentais da dignidade humana é o exercício da liberdade. A liberdade do indivíduo só deve ser reduzida quando o exercício da sua liberdade afetar a liberdade dos outros.
A liberdade não seria liberdade se não fosse liberdade por aquilo que está errado. Se a liberdade de uma pessoa não fosse respeitada, a sua dignidade ficaria ferida. Uma das tarefas centrais do Estado é proteger os direitos de liberdade de todos os seus cidadãos (liberdade de religião, de reunião, de associação, de pensamento, de profissão, etc.). A liberdade de um é a fronteira para a liberdade do outro. [289]
"Os mártires da Igreja primitiva morreram pela sua fé naquele Deus que Se revelou em Jesus Cristo, e, exatamente por isso, morreram também pela liberdade de consciência e pela liberdade de profissão da própria fé, uma profissão que não pode ser imposta por nenhum Estado; ela só pode ser realizada com a graça de Deus, na liberdade da consciência." Papa Bento XVI

sexta-feira, 9 de março de 2012

Tarde vocacional em São Paulo

Na tarde do dia 03 de março de 2012 as  Irmãs e formandas Paulinas estiveram reunidas para a Primeira Tarde Vocacional no auditório da Central Paulinas em São Paulo - SP
O objetivo deste encontro foi conhecer mais sobre o Projeto de Pastoral Vocacional da Equipe de São Paulo e o Despertar Vocacional nas Redes Sociais.
Também foi apresentada a Equipe Vocacional ampliada de São Paulo, onde algumas irmãs irão ser referências de despertar vocacional em  suas comunidades. Concluimos este momento com a uma Hora de Adoração ao Santíssimo pelas vocações, dando abertura ao Retiro Mensal.

segunda-feira, 5 de março de 2012

Oração da madrugada


Filho de Deus, Filho do homem,
pela madrugada ainda escuro,
retirou-Se para rezar.

Entre os homens, Homem também.
Adorar o Pai,ou talvez pedir
força e coragem para nos salvar?

Coração divino e humano,
Sacrário onde o céu habita
ou Casa do infinito Amor,
Jesus foi rezar de madrugada
levando as intenções infindas,
tecidas de confiança, paz e dor.

Encontro indescritível com seu Pai,
na calada da noite em solidão,
augusta prece de Jesus!

Rezou por nós, por mim, eu sei,
quem me garante é o coração
Que faz minha mente encher de luz
e de amorosa solidão.
Ir. Maria Tereza, fsp

domingo, 4 de março de 2012

Hino da Campanha da Fraternidade 2012


Acompanhe e cante junto consco o Hino da CF 2012.
"Que a saúde se difunda sobre a terra"

sábado, 3 de março de 2012

Rodeadas por uma nuvem de testemunhas

Iniciou ontem, 02 de março, o encontro da Revitalização das Irmãs Paulinas. É o segundo deste ano, no qual o tema é a consagração religiosa Paulina, também iluminada pelo testemunho das irmãs Paulinas que já estão no céu, conforme está escrito na Carta aos Hebreus: “Rodeadas por uma nuvem de testemunhas” (cf. Hb 12, 1). 



Estão participando 42 irmãs de várias comunidades do Brasil. O encontro é assessorado pelas irmãs Élide Pulita e Vera Bombonatto e construído por todas as participantes com o testemunho da sua própria vocação e as recordações que trazem das irmãs que já estão em Deus.

Confira, no vídeo abaixo, um pouco dessas recordações:






Rezemos por nossas irmãs que vivem esse momento de renovar o dom da vocação:

“Ó Maria, “a escolhida de Deus”, Mãe e protetora das vocações, orai conosco, por nós e por todos os chamados por Deus. Amém.” 
(Bem-aventurado Tiago Alberione)

sexta-feira, 2 de março de 2012

Convenção das Livrarias Paulinas

A Casa de Oração das Irmãs Paulinas, em São Paulo-SP, acolheu, do dia 24 a 29 de fevereiro, irmãs e leigos representantes de todas as Livrarias Paulinas do Brasil para a Convenção das Livrarias. Evento que acontece anualmente, com o intuito de animar as lideranças, partilhar experiências, assumir novos projetos e continuar sempre a caminho a fim de que as Livrarias Paulinas sejam, cada vez mais, aqueles centros de apostolado nos quais irradiam a luz de Cristo nas grandes metrópoles, como desejava o nosso fundador: o Bem-aventurado Tiago Alberione. 
 
Foram cinco dias bem intensos com conteúdos que abrangeram desde a mística das livrarias, apresentado por Ir. Bernadete Boff na manhã do primeiro dia, até aquelas questões mais práticas como, por exemplo, o suporte técnico.

 As irmãs e leigos, responsáveis pela difusão dos produtos Paulinas em todas as pontas do Brasil, nesse encontro, tem a oportunidade de encontrar-se com os departamentos criativos de São Paulo: editora, revistas, gravadora, produtora de shows, multimídia, TV, internet, marketing, e conhecer os novos lançamentos e projetos, dar sugestões, apresentar os desafios que encontram e buscar juntos soluções. É um momento muito rico de revitalização tanto para os que estão na difusão, como para os que estão na criação. Duas pontas que precisam estar interligadas.


Nesse encontro houve também um espaço privilegiado para um show de lançamento da Paulinas Comep. Na noite do sábado, 25 de fevereiro, a cantora Mariani apresentou o seu novo CD: Saudades do amanhã, que acaba de chegar às livrarias Paulinas. É o segundo CD da Mariani, a mais jovem artista da Comep, tem apenas 19 anos e, com um talento nato evangeliza através de suas canções interpretadas com sua voz belíssima. Ela teve a oportunidade de conversar com as irmãs e os leigos, explicar o seu trabalho, seus objetivos e planos, como nasceram as músicas, e o que espera pela frente.

No final do encontro pairava no ar um clima de muita esperança e alegria. Esperança nas novas oportunidades, nos novos projetos, na confiança em Deus, conscientes que ainda temos o que crescer e melhorar. Alegria por retornarem para as filiais com animo renovado para cada dia progredir!

Façamos nossa a prece do Bem-aventurado Tiago Alberione para todos os livreiros:

 “Dai-nos, Senhor, bons livreiros que sejam sábios, prudentes, empreendedores, santos; que divulguem o pensamento e o patrimônio paulino e que atraiam muitas bênçãos sobre a missão paulina.”

quinta-feira, 1 de março de 2012

Convite para Leitura Orante em SP


OBS: Favor ligar com antecedência para (11)3789-1429 confirmando sua presença. No dia do encontro levar lanche para partilha.

Inscrição: Gratuita
Data: 18/03/2012
Horário: das 9h às 13h