sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Veja o vídeo que as próprias vocacionadas fizeram da Convivência Vocacional que participaram em nossa comunidade.

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Muitos motivos para se alegrar!

No dia 20 de fevereiro as Irmãs Paulinas da comunidade de Manaus, os colaboradores da Livraria, a jovem Silvânia (vocacionada) e seus familiares e amigos se reuniram na Livraria Paulinas para celebrar a festa do nascimento de Ir Tecla, o aniversário do Edgar (colaborador da Livraria) e também o envio da Silvânia para o ingresso na Congregação, na casa de aspirantado de Belém- PA.

Foi uma celebração bonita, com o ofertório da vida da Silvânia, cantos compostos pelos colaboradores de Manaus e muita emoção por parte de todos. E sobretudo, em
gratidão a Deus por mais uma jovem manauara que segue os passos do Mestre Jesus na Vida Paulina!!!

Veja as fotos de alguns momentos:



quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

"A juventude é o amanhã da vida. Não é um capítulo separado do restante da existência, nem é o prefácio de um livro".
Alberione








Foi com alegria que dos dias 19 a 21 de fevereiro estiveram em nossa comunidade de Brasília 7 jovens participando de uma convivênca vocacional.
As jovens que participaram foram:

Letícia Mascarenhas, Kelly Caroline, Mariana Almeida, Marta Helena Almeida, Natália Costa (todas de Brasília) e Juliana e Samara (Sobradinho/DF).

Foi um momento rico de partilha, alegria, oração e descobertas.

Ir. Gervis junto com as Irmãs da comunidade coordenaram o encontro.
Contiuemos em comunhão para que Deus cada uma dessas jovens no seu caminho de descoberta.







terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

4 jovens respondem ao chamado de Deus

Nossa missão é semear a proposta de Jesus "vem e segue-me". E na alegria da semeadura quatro jovens com coragem e decisão disseram SIM a esse convite e no dia 20 de fevereiro viajaram para Recife onde iniciam sua caminhada de descoberta do projeto de Deus para suas vida na vida paulina, são elas:

Ismara Cristina Libardi (Iconha/ES), Luísa Zarpellon (Nova Mutum/MT), Maria Rosângela (Ribeirão das Neves/MG), Rosana de Fátima Lopes (Andradas/MG).




"Minha busca para cumprir a vontade de Deus é algo sincero. Estou muito feliz por poder ter a oportunidade e a liberdade de escolher o que quero! A certeza de que Deus é fiel é que me motiva a caminhar!"
(Rosana)



Estou muito Feliz pela graça de Deus. Como a música do barco. "Não dá mais pra negar, o mar é Deus e o barco sou eu, e o vento forte que me leva pra frente, é o amor de Deus". Rumo a família paulina.
(Rosângela)


É nessa alegria de servir a Deus e aos irmãos na vida paulina que continuamos nossa missão vocacional.

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

"Eu sou extremamente feliz!"


"Da decisão que eu tomei, de ser padre, nunca me arrependi!"


Dom Erwin Kräutler é Missionário do Sangue de Cristo(C.PP.S.) e bispo da Prelazia do Xingu, no Pará. Foi ordenado padre em 3 de julho de 1965 na catedral de Salzburgo, na Àustria. Em 18 de julho celebrou sua primeira missa com o povo da sua cidade natal. No dia 25 de novembro, do mesmo ano, já estava em Belém do Pará, no Brasil.

Veja abaixo a entrevista de Dom Erwin, na qual ele fala de sua vocação sacerdotal.



* Dom Erwin, fale-nos do seu chamado vocacional.


Meu chamado vocacional começou muito cedo, desde menino eu sentia uma atração pelos feitos do meu tio Dom Eurico (que era missionário no Xingu). Naquele tempo não tinha internet. O tio tinha costume de escrever cartas para os seus familiares. Desde pequeno ficamos familiarizados com o Xingu. 'Eu bebi àgua do Xingu', como menino de 4 a 5 anos. A questão indígena já existia na minha vida desde aquele tempo. Na minha família, falávamos do povo indígena, especialmente os Kayapó, como se fosse um grupo de gente que estivesse muito próximo, embora estivesse distante à 8 mil km. Fui para a escola aos 6 anos, também fui coroinha. Minha vontade de jovem entusiasta era transformar, converter o mundo, mas não entendia bem o que significava isso. Mesmo sendo estudante, fui membro da Juventude Operária Católica (JOC) da minha paróquia. Lutei ao lado de operárias e operários. Fui um jovem muito ativo em todas as frentes. Tocava violão, cantava, fiz teatro, promovi encontros e festas. Era convidado para cantar em festas ou animar encontros de jovens. Em 1958, entrei no noviciado dos Missionários do Sangue de Cristo em Schellenberg, no Principado de Liechtenstein. Queria ser padre, missionário.


*Conte-nos a sua experiência de ser chamado a ser padre.

Ser padre não é escolha minha. Porém, ao ser chamado a essa vocação, se é convidado a responder sim ou não, a liberdade é sua. Quem opta por esse caminho, foge um pouco da normalidade das pessoas, mas não é porque você fez a opção, mas porqque sente no fundo da sua alma, do seu coração, o chamado de Deus. E o resto é consequência. Como ser fiel é sempre uma questão. Entra toda a situação da pessoa humana, com seus altos e baixos. Começam a surgir as crises. Quem diz que nunca passou por uma crise, tem alguma coisa que não funciona direito, as crises são salutares, porque conscientemente você vai dizer: Eu quero seguir este caminho! E o que mantém a pessoa no caminho é o maior amor e você não faz isso por qualquer coisa, alguma coisa lhe atrai. 'A caridade de Cristo nos impele', isso na mística paulina é impressionante, por Ele, Jesus, perdi tudo, por uma pessoa, não por uma construção filosófica. Cada um tem sua vocação, não tem duas vocações iguais. E cada um tem seu carisma. Você é que vive seu carisma no fundo de sua alma.



*O que você tem a dizer aos jovens que estão escutando o que Deus quer em suas vidas?


Eu pediria aos jovens que pelo menos se interessem em saber que tipo de vida é. Não vou dizer que entrem numa comunidade de religiosas/os ou seminários para fazerem uma análise se é bom ou não, mas precisam conhecer pelo menos um pouco, o que não se conhece, não se ama. Não se pode argumentar sobre diversas vocações sem nunca ter feito uma pequena experiência ou falado com alguém que representa essa vocação, que é feliz na vocação que assumiu ou aprofundar as linhas de uma Congregação ou uma ordem. Conhecendo e só assim é que o jovem tem condições de dizer: isso não é para mim ou é para mim, eu vou tentar.

"Eu nunca duvidei, em nenhum momento, de que Deus me chamou para esse caminho."

sábado, 20 de fevereiro de 2010

Quem é Ir. Tecla Merlo?


Ir. Tecla Merlo é a co-fundadora da Congregação das Irmãs Paulinas.

Hoje, 20 de fevereiro é festa! Pois é o aniversário de Mestra Tecla. Ela nasceu em Castagnito d'Alba, na Itália, no ano de 1894. Distinguiu-se pela fé, bondade, amor às pessoas, vida de oração e constante preocupação pelo bem dos outros, o que a tornou uma apóstola. A Igreja a considera Venerável!


No espaço dos comentários, escreva o que você mais admira em Mestra Tecla.

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Tempo de renovar o Carisma Paulino!

Aconteceu na Cidade Regina, em São Paulo, entre os dias 9 a 14 de fevereiro, mais um encontro do projeto de Revitalização que precede os exercícios espirituais. Estiveram presentes irmãs das várias comunidades para viverem esse tempo de graça e de renovação do carisma paulino em suas vidas.
Algumas irmãs partilham conosco a experiência vivida nesse tempo:


"Para mim a Revitalização foi um momento de retomada de minha vida consagrada Paulina, onde recebi muitas luzes e graças para esse novo ano de 2010."
Ir. Odila Corazza, fsp


"Luzes se acenderam! Deus sempre prepara surpresas para seus filhos(as) amadas. São Paulo, Pe. Tiago Alberione indicam metas: Centrar a própria vida em Jesus Cristo. Pe. Boris (um dos acessores) disse: "Quanto mais humanas, mais próximas da humanidade de Cristo".
Ir. Amélia Zaia, fsp


"Senti a paixão por Jesus, vivida, antes por Paulo, depois por Alberione e Tecla e hoje, por cada uma de nós. O que me toca muito e o chamado que eu sinto agora, é contemplar e seguir Jesus no seu aspecto huamno, especialmente no modo como ele tratava as crianaçs e as mulheres. E nos meus relacionamentos com as pessoas, em sempre me pergunto: O que Jesus diria, faria no meu lugar?"
Ir. Célia Bacchi, fsp


"Tempo de bençãos, graças e luzes que recebi de Deus, para melhor viver com força e vitalidade a vocação e o carisma paulino, que se extende no serviço, e amor ao povo, às pessoas."
Ir. Denise, fsp


"A Revitalização foi uma nova luz "um rever, um renovar, dar novo impulso a minha vida Paulina".
Ir. Escolástica Perotto, fsp


Veja algumas fotos do encerramento do encontro com a Visita Eucarística:







segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Jovens se reúnem para conhecer melhor o seguimento de Jesus

(Convivência vocacional na comunidade das Irmãs Paulinas de Maringá, de 02 a 05 de fevereiro)

Conviver para conhecer, conhecer para decidir seguir. Seguir porque se encontrou o caminho certo. Caminho que o Senhor aponta e diz: Segue-me! Essa foi a experiência vivida com o um grupo de jovens de Bom Sucesso - PR, nos dias que permanceram conosco.

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Assista o vídeo com a música Rahamim, uma música composta por Pe. Zezinho, scj, dedicada ao Pe. Tiago Alberione (fundador da Família Paulina).

"Arrumando as malas 2"

Franciele viaja dia 24 de fevereiro também para o aspirantado de Canoas (RS), e nos conta como está sendo esses dias de preparação ao ingresso na Congregação das Irmãs Paulinas.

"Está sendo uma experiência única, dá um frio na barriga e também ansiedade. Mas é bom porque eu sei, que tudo o que estou fazendo é para Deus e para o bem das pessoas. Apesar das saudades que vou sentir da minha família e dos amigos, mas sei que vou superar com a Graça de Deus. Estou louca para dar continuidade na missão que Deus me confiou e estou muito feliz por estar nesta Família tão abençoada por DEUS."

Franciele de Jesus - Sarandi (PR)

"Arrumando as malas"

Veja abaixo a partilha de Ana Paula, que se prepara para dar o primeiro passo na vida religiosa paulina. Ela entrará nesse mês no aspirantado de Canoas- RS.


"Para mim esse processo de arrumar as malas, tem sido um período de reflexão. Não é como arrumar as malas para ir viajar, onde tudo é empolgação, mas para assumir uma vida nova. Deixar o lugar que vivo e minha comunidade está sendo difícil, porém mais difícil ainda é deixar meus pais, que sempre foram meu porto seguro.


Quando Jesus nos chama a deixar o barco na praia, com certeza sabe quais são nossos apegos, e nenhum apego material para mim é tão difícil de deixar, quanto deixar a família.


Esse “arrumar as malas” envolve uma mistura de sentimentos: medo de enfrentar o novo, tristeza por deixar aqueles que amo, pode parecer contraditório, mas existe também a alegria e a esperança de ser uma colaboradora de Jesus para que o Evangelho possa chegar aos confins da Terra.


Estar com Jesus e ser Dele não há nada mais recompensador, por isso me lanço em Seus braços com todas as dificuldades e alegrias que envolvem o chamado a seguí-lo. "


Ana Paula Tonin - Astorga (PR)

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Jovens participam de missão...

Nos dias 5 a 8 de janeiro, Ir. Líria Grade juntamente com outros religiosas(os) participaram do Tríduo em preparação à Profissão perpétua das Irmãs Rosângela e Rosimére e da Primeira Profissão da Ir. Ivone, da Congregação das Damas Cristãs, na cidade de Bom Sucesso (PR).

Ir. Líria nos fala:
" Visitamos as casas, abençoando cada espaço e os jovens nos acompanharam na missão. Teve um momento celebrativo onde as Congregações falaram de seu carisma e outro momento com os jovens, respondemos perguntas, curiosidades que eles traziam em seu coração".

Veja as fotos:






"Sou muito feliz"

Ir. Leticia Pilecco, fsp

Obrigada meu Deus por tantas graças e bênçãos durante estes 50 anos de consagração a Deus e ao povo.

Se tivesse que começar tudo novamente o faria com o mesmo entusiasmo e alegria, pois, sou muito feliz e realizada em minha vocação paulina.

Digo como Ir. Tecla "Se tivesse mil vidas as consagraria a esta nobre missão".

Encontrei força para chegar até aqui na Eucaristia e na Palavra de Deus e a frase que me acompanhou foi do nosso Pai São Paulo: "Sei em quem acreditei".

Se sentir o chamado:
Venha, vale a pena!
Jesus diz:
"Não temas, eu estou contigo"

"Cristo é o centro da minha vida"



50 anos de Vida Consagrada é pronunciar a palavra mais querida que um ser huamno pode dizer: OBRIGADA.


50 anos de fidelidade, de entrega, só posso dizer que valeu a pena tê-los vivido.


Faz 33 anos que sou missionária fora do Brasil: Espanha, Guiné-Equatorial, Moçambique.

Tudo isto porque Cristo é o centro da minha vida. Rezem por mim e pela missão!

Ir. Ines Pissinin, fsp

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

"Seguir Jesus, grande aventura da minha vida"

Veja o testemunho da vocação de Ir. Lucila...

Diz o Profeta:

"Antes de formar-te no ventre materno, eu te conheci; antes de saíres de ventre de tua mãe, eu te consagrei e te fiz profeta das nações".

Com a idade de 13 anos deixei a casa de meus pais e parti para iniciar a grande aventura de minha vida: seguir Jesus. Escolhi as Irmãs Paulinas, por causa da missão de evangelizar com os meios de comunicação.

Hoje, após 50 anos de Vida Consagrada, sinto-me realizada e feliz.

Vale a pena dedicar a vida a uma missão tão grande e nobre.

Venha você também, lhe garanto que serás feliz!"



50 anos de fidelidade à Deus


Ir. Maria Therezinha fala dos seus 50 anos de vida religiosa...

"50 anos de Consagração... é muito tempo, mas passa rápido. É a história do chamado à vocação religiosa, permeado do amor misericordioso e fiel de Deus, que sempre me conduziu, sustentou e se fez presente em mim e nas várias circunstâncias da minha vida pessoal e missão, na busca constante da fidelidade a Deus, à vocação paulina e ao povo, participando com amor e empenho do anúncio do Evangelho com os Meios de Comunicação Social,onde o Senhor me colocou. Por tudo o que vivi, entreguei e realizei com sua graça, eu o louvo e agradeço, com Maria, Rainha dos Apóstolos e Paulo. "

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

50 anos a serviço da vida!


Ir. Benigna partilha um pouco da sua caminhada nesses 50 anos de vida consagrada:

"Revendo agora os mais de 50 anos entregues ao serviço de Deus no carisma de anunciar ao mundo Jesus Mestre Caminho, Verdade e Vida com os modernos meios da comunicação, sinto que a mão do Senhor sempre esteve sobre mim: quando me separou, desde o seio materno; no chamado ao Batismo; à Eucaristia; à vida Consagrada.

Foi a mão do Senhor que sempre esteve sobre mim: nas alegrias da vida e nas dificuldades do caminho. Eu sempre o senti como uma LUZ e o sinto agora dizendo-me: o caminho continua, seja forte, EU estou com você!"




sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Ir. Tecla Merlo: instrumento de Deus



Hoje, 5 de fevereiro, celebramos o 46° aniversário de morte de Ir. Tecla Merlo, a primeira Filha de São Paulo e co-fundadora juntamente com Pe. Tiago Alberione, da Congregação das Irmãs Paulinas. Ir. Tecla, no dia 28 de maio de 1961, festa da Santíssima Trindade, fez a oferta da sua vida a Deus pela santificação de cada Filha de São Paulo.
Pe. Alberione, acompanhou Ir. Tecla de perto, asim sintetiza sua vida:

"Foi uma pessoa contemplativa, via tudo em Deus; tudo vinha dele, tudo era orientado para ele, todas as ações eram feitas para a glória de Deus. Quando se chega a esse ponto, então a pessoa já está preparada para entrar no paraíso, porque o paraíso é a glorificação de Deus."

Para conhecer melhor a vida de Mestra Tecla, clique no Blog abaixo::

http://www.mestrateclamerlo.blogspot.com/

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Vocação!

50 e 25 anos de Fidelidade!




(Da esquerda para a direita: Ir. Ines, Ir. Leticia, Ir. Lucila, Ir. Benigna, Ir. Maria Therezinha e Ir. Albina)












(Da esquerda para a direita: Ir. Clarice, Ir. Mônica e Ir. Jurema)



O dia 31 de janeiro foi um dia muito especial para nós Irmãs Paulinas. Dia revestido de muita alegria, gratidão e festa, porque celebramos o Jubileu de Ouro de Consagração a Deus de 6 irmãs e de Jubileu de Prata de 3 irmãs. Dia que agradecemos juntas a Deus que as chamou, que as acompanhou com sua graça e as guiou em todos esses anos. Louvamos a Deus a fidelidade ao Senhor dessas 9 irmãs, nos momentos de alegria e de dificuldades, além da doação na vida e missão paulina.
Jovem!
Essas irmãs jubilandas partilharão conosco o que significa em suas vidas esses 25 e 50 anos de Consagração a Deus! Não deixe de acompanhar o testemunho da vocação de cada uma delas!

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Quero Iluminar!